26 C
Vitória
segunda-feira, 6 abril, 2020

Alimentação contribui para reduzir ansiedade

- Continua após a publicidade -

Mais lidas

PIB da China deve ter no 1º trimestre a primeira queda em 40 anos, diz estudo

O Produto Interno Bruto (PIB) da China deverá registrar no primeiro trimestre a sua primeira queda em quarenta anos, mostra o estudo "Perspectivas do Desenvolvimento Econômico Chinês pós-Covid-19 e impactos para a economia brasileira"

Plataforma Inteligente no combate ao coronavírus no ES

O Centro de Comando e Controle para Ações e Prevenção ao Coronavírus no Estado do Espírito Santo lançou uma Plataforma Inteligente contra a Covid-19. Saiba mais!

Rainha Elizabeth II: “dias melhores virão”

Em 68 anos de reinado este foi o quinto discurso realizado por Elizabeth II, que destacou o esforço dos profissionais do sistema público de saúde na luta contra o covid-19

Igrejas de Cuba terão espaço na televisão nacional

Os evangélicos cubanos de diferentes denominações haviam compartilhado através das redes sociais um pedido dirigido ao Instituto Cubano de Rádio e Televisão (ICRT) , para incluir conteúdo cristão em sua programação regular.

Filho, faculdade, casa, casamento, trabalho, igreja, amigos, aparência. A lista de compromissos do dia a dia é extensa e intensa, o que torna comum o fator ansiedade na rotina de muitas pessoas. A má notícia é que isso reflete na saúde, mas a boa notícia é que uma alimentação balanceada pode ser a solução

A nutricionista Maressa Gabriela Calixto explica que muitos apresentam sintomas relacionados à ansiedade, que são: fadiga, dores de cabeça, insônia, sensação de desmaio, dores no peito e palpitações, boca seca, tensão e dores musculares, sensação de ter um “nó” na garganta, confusão mental e sensação de impotência.  “Grande parte desta dificuldade está ligada ao estilo de vida que levamos, com uma má alimentação, poucas horas de sono, falta de atividade física, entre outros”, disse.

Para nos sentirmos felizes, precisamos estar com a serotonina elevada, que é o hormônio do bem-estar. E neste cenário, os alimentos ingeridos têm papel fundamental na quantidade circulante desse hormônio na corrente sanguínea.

Confira algumas dicas para montar um dejejum “anti-ansiedade”:

 

“Nossa alimentação nas últimas décadas tem se modificado cada vez mais com o surgimento de alimentos industrializados e fast-foods; estamos cercados de alimentos que destroem nosso corpo. Outro ponto que tem dificultado a alimentação saudável é a falta de tempo para o preparo de alimentos. A maioria das refeições tem sido feitas fora de casa, obrigando a população comer o que encontra e não o que muitas vezes deseja. Muitos saem de casa sem fazer a primeira e principal refeição, o desjejum e com isso costumam exagerar no almoço contribuindo para o ganho de peso e ansiedade”, destacou Maressa.

Evitando ansiedade

As vitaminas e minerais são essenciais para a diminuição da ansiedade. Atenção à lista:
Vitamina C: ajuda a controlar o estresse e reduz o risco de desenvolvermos ansiedade e insônia. Além disso, auxilia na redução dos níveis de cortisol, o hormônio do estresse. Onde encontrar? Acerola, laranja, mexerica, abacaxi, caju, morango, mamão, kiwi, goiaba, além de vegetais como pimentão e brócolis.

Vitamina D: evita sintomas de ansiedade e até psicose. Onde encontrar? No leite, queijo e óleos vegetais. Tomar 15 minutos de sol por dia é essencial para obter a vitamina D.

Vitaminas do complexo B (especialmente a vitamina B6, além de B1, B5, B9 e B12): importantes para a conversão de triptofano em serotonina, ajudam a combater a ansiedade, inclusive durante a TPM. Onde encontrar? Cereais integrais, banana, oleaginosas como a avelã e vegetais verde-escuros, como o espinafre.

Magnésio: tem ação antidepressiva, reduz sintomas de fadiga (como músculos tensionados e tremor nos olhos) e melhora a qualidade do sono. Onde encontrar? Sementes oleaginosas como castanhas e chia, na banana, alcachofra, espinafre, beterraba, iogurte natural e cereais integrais, como o arroz integral.

Zinco: melhora a qualidade do sono e está envolvido com diversos processos do sistema nervoso, que podem evitar a ansiedade e depressão. Onde encontrar? Semente de abóbora, soja e castanhas.

 

- Continua após a publicidade -

Revista Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Live: “As perguntas cruciais a serem respondidas na crise”

Um dos 25 melhores CEO’s dos EUA, Craig Groeschel fará nesta quinta-feira (02), às 10h30, uma Live exclusiva para o Brasil com tradução simultânea

Vigília online ‘Há uma Luz’: um clamor contra o covid-19

Para levar paz e esperança à população afetada pela pandemia global da Covid-19, a plataforma cristã, InChurch, organizou a vigília online “Há uma Luz” nesta quarta (1º).

26 de março: live – Como inovar na igreja em tempos de disruptura

Nesta quinta (26), as 19h, vai acontecer a primeira live da série "O efeito da liderança na crise” com Josué Campanhã, diretor da Envisionar e Thiago Faria

Novo Som faz show online

Devido a quarentena por causa do coronavírus, a banda vai estar ao vivo no sábado (28) a partir das 20h. Será transmitido pelo Instagram e Facebook

Receber notícias

Gostaria de receber notícias em primeira mão? Assine gratuitamente agora:

Plugue-se

Vencendo o medo é tema de campanha da SBB

Nesses tempos difíceis que o Brasil e o Mundo têm enfrentado, a Sociedade Bíblica do brasil quer levar Esperança às pessoas. Por isso, foi lançada a campanha de evangelização "Vencendo o Medo", com o objetivo de compartilhar a Palavra de Esperança.

Danilo Franco traz o pop pentecostal em “Confio em Deus”

Em tempos de isolamento social, a mensagem da canção "Confio em Deus", de Danilo Franco, pode fazer grande diferença na vida de milhares de pessoas. 

Serginho, do Roupa Nova, em projeto gospel

Conhecido por integrar um dos maiores grupos musicais do Brasil, o Roupa Nova, Serginho agora lança "releituras", um projeto com louvores consagrados do meio evangélico

“Me aproximei mais de Deus”, desabafa Yudi Tamashiro

Chorando muito, Yudi Tamashiro contou que a doença foi descoberta há dois meses. Mas só esta semana foi confirmado que o tumor é maligno. Então ele fez um desabafo.