31.9 C
Vitória
domingo, 24 outubro 2021

Aliança: um selo eterno com Deus

“Amar não é olhar um para o outro, é olhar juntos na mesma direção”

Por Marlon Max

O casamento é um ato sagrado. É o início de uma união que, segundo os designíos de Deus é feito para durar até a morte. O amor é o ingrediente que ajuda a manter o relacionamento prazeroso, o perdão ajuda a superar as falhas e a intimidade com Deus produz um vida rica espiritualmente.

Entretanto muitos casamentos não passam dos dois primeiros anos, como apontam diversas pesquisas. Para o pastor Luciano Subirá, do ministério Orvalho, os casais precisam sempre se lembrar da aliança que é feita no altar.

“A aliança matrimonial traz consigo uma poderosa força de ligação. Um dos seus efeitos é o de mistura de vida, o de tornar o casal uma só carne. Esta afirmação foi inicialmente feita por Deus em Gênesis e posteriormente citada pelo Senhor Jesus e também pelo apóstolo Paulo: Por isso, deixa o homem pai e mãe e se une à sua mulher, tornando-se os dois uma só carne”, explica.

aliança
Foto: unsplash

Uma união selada pela aliança é semelhante a um pacto eterno de fidelidade e amor até as últimas consequências, assim como Cristo amou a igreja. O pastor Subirá argumenta que alguns casais não se dão conta da ruptura que é preciso acontecer com as famílias, para que o ato de se tornar “uma só carne” acontece sem problemas. Além disso, ele lembra da instrução no evangelho de Mateus 19:6.

“Por esta causa deixará o homem pai e mãe e se unirá a sua mulher, tornando-se os dois uma só carne? De modo que já não são mais dois, porém uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não separe o homem”.

Ou seja, aquele que foram unidos por Deus, estão conectados para sempre em uma aliança de uma só carne. Isso significa, entre muitas coisas, que haverá renúncias.

“O homem deixa seu lar, seu lugar de criação, seus mais intensos relacionamentos para se unir à sua mulher. Isto significa que sua esposa passa a ser mais importante que qualquer outra pessoa, pois após o casamento passa a haver uma dimensão de união com sua esposa maior do que aquela que o homem provou com seus próprios pais”, argumenta Luciano Subirá.

Como todas as coisas na vida, os hábitos moldam nossas atitudes e nossas atitudes revelam quem somos. Subirá alerta para a seriedade da vida a dois. A aliança entre o casal, explica o pastor, é um selo dado pelo próprio Deus. A benção de Deus acompanha aqueles que insistem que não abrir mão dos votos e honram ao Pai com uma aliança sem máculas.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se