Os deputados do Espírito Santo aprovaram o projeto em sessão extraordinária. Foto: Divulgação (Ales)

O projeto de reestruturação da PMES e do Corpo de Bombeiros foi aprovado pelos deputados estaduais em sessão extraordinária

Por Josué de Oliveira 

Os deputados estaduais do Espírito Santo aprovaram por unamimidade o projeto do Governo do Estado que reestrutura os quadros da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. A matéria foi aprovada em sessão extraordinária.

Com a decisão, 88 vagas de praças serão transformadas em 39 de oficiais. Além disso, cria mais 24 funções gratificadas nas duas corporações.

O deputado Fabrício Gandini (Cidadania) deu parecer pela constitucionalidade e aprovação e não acatou nenhuma das 14 emendas apresentadas pelos parlamentares.

“Extingue 76 cargos na PMES e cria 34 e extingue 12 e cria 5 nos Bombeiros. Não tem impacto financeiro. Como é um projeto privativo do governo não cabe emendas para alterar quantidade de vagas”, justificou.

Eram 12 emendas do deputado Capitão Assumção (Patri), uma de Pr.Marcos Mansur (PSDB) e outra de Coronel Alexandre Quintino (PSL). Basicamente, as emendas alteravam o quantitativo de cargos entre as diversas funções exercidas pelos militares das variadas áreas da PMES e dos Bombeiros.