23 C
Vitória
terça-feira, 4 agosto, 2020

TikTok: O que os pais precisam saber?

Leia também

PIB contraiu 11,2% no 2º trimestre de 2020

Em relação ao segundo trimestre de 2019, a queda na atividade econômica apontada pelo IAE foi de 11,7%

Esperamos que agosto seja o pico da covid-19 nas Américas, diz Jarbas Barbosa

Durante a coletiva, o diretor-assistente da Opas comentou o fato de que o padrão de transmissão da doença na América Latina tem se mostrado distinto da Europa

Brasil: Prefeitos se unem em campanha de combate à covid-19

Iniciativa é da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), que negociou com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorização especial para veicular comunicação sobre a doença em jornais, sites, rádios e na TV durante toda a pandemia

Pastores e especialistas afirmam que os pais devem estar atentos aos filhos quanto ao uso do TikTok, que virou febre entre crianças e adolescentes no mundo

Você já viu seu filho dançando em frente ao celular, sem entender a razão? Ele pode ser um usuário da rede social do momento, o TikTok, que já tem milhões de usuários no Brasil e está no TOP 10 de redes sociais mais baixadas entre jovens, de acordo com o aplicativo de controle parental AppGuardian.

Com as crianças fora da escola, este período pode aumentar de forma considerável. Mas cabe o alerta. Pais devem estar por dentro dos conteúdos feitos e acessados pelos filhos.

Os perigos desta rede social são muitos. O primeiro é o fato de ser uma rede pública, que pode expor o conteúdo das crianças para todos os outros usuários.

“Uma pessoa que não conhece seu filho ou filha consegue ter acesso ao conteúdo dele. Por ser um vídeo, a criança pode acabar mostrando informações sobre onde moram, onde estuda e outros dados perigosos para segurança da sua família”, explica Luiza Mendonça, consultora educacional de famílias e escolas e criadora do AppGuardian.

Atração do momento

Mas, afinal de contas por que o TikTok tem atraído tanta gente? O Tiktok vai além de vídeos com dublagem. É uma rede social de vídeos curtos, com esquetes engraçadas, conteúdos interativos com filtros ou os chamados challenges.

Desafios criados por uma pessoa para que todo mundo faça sua própria versão. Vale tudo, desde uma coreografia a uma atitude ridícula na rua.

O que está por trás desse aplicativo?

O pastor Renato Vargens alerta os pais do que está por trás desse aplicativo. O TikTok é de origem chinesa e é necessário ter cuidado quanto aos dados cadastrados.

“A China é um país comunista e que devido a isso impõe um controle restrito sobre os dados dos usuários do aplicativo, o que por si só é complicado, não é mesmo? interessante que em dezembro passado, o exército dos EUA proibiu seus soldados de terem conta no TikTok, argumentando que seu uso poderia representar uma ameaça para a segurança nacional”, disse.

Outro apontamento é quanto a transparência e mudança de comportamento dos adolescentes. “O app tem sido acusado de falta de transparência quanto aos dados coletados.Se não bastasse isso o aplicativo tem cooperado com a “idiotização” de crianças, adolescentes e jovens, levando a chamada geração Z a perder tempo com um tipo de ‘besteirol’ que contribui com a alienação e burrificação de seus usuários”, explica.

Desafios e Challenge

O pastor destaca que o uso excessivo bem como os desafios do aplicativo pode trazer consequências sérias para os adolescentes em troca de alguns “views”. “O ‘quebra-crânio’, por exemplo, mostra três pessoas que pulam de maneira muito parecida, mas a terceira leva uma rasteira inesperada e cai, possivelmente batendo a cabeça, podendo com isso levar o participante a morte”, conta.

“Diante do exposto, aconselho aos pais a estarem atentos ao uso deste aplicativo por parte de seus filhos menores. Quanto aos jovens sugiro que reflita, quanto ao tempo gasto com esse ‘besteirol’ que em nada contribui para o amadurecimento, bem como o enriquecimento cultural”, finaliza.

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Helena Tannure e Alda Célia no Congresso Vitoriosas

É a terceira edição do evento, que é voltado para mulheres. O tema do Congresso Vitoriosas 2020 será Transformadas. Saiba mais! 

Lagoinha abre curso Linhas de ensino; Saiba mais!

As aulas das turmas do primeiro módulo do Curso Linha de ensino se iniciam a partir de 17 de agosto. Saiba mais!

Fórum literário: O absurdo, a esperança e mais além

Realizado desde 2016, o Fórum literário é um curso para peregrinar nos caminhos da arte e da fé cristã. Evento, que será online, começa hoje, 27. Saiba mais aqui! 

Marcha pra Jesus é cancelada em São Paulo

Por causa do coronavírus a prefeitura de São Paulo cancelou a Marcha para Jesus. O maior evento cristão do mundo ocorreria em 02 de novembro deste ano

Plugue-se

Amanda de Sá feat Sanderson Moraes “Nossa bandeira”

Nossa bandeira é o terceiro lançamento da artista pela Sony music desde que venceu o festival de Música Eagle, edição ES, em setembro do ano passado

Faces da perseguição: o preço de viver pela fé

Viver pela fé em meio a perseguição. Na séria faces da perseguição, mostra a história do pastor Jean Marc, que enviou a família para um esconderijo no Congo, mas ficou na República centro-africana por causa da igreja. Saiba mais!

Max Weber: Economia e religião estão interligadas?

No livro "A ética protestante e o espírito do capitalismo", o sociólogo alemão, Max Weber, se debruça em um estudo minucioso sobre as religiões e o sistema econômico do século XX

Vida após a morte em “O Céu é de Verdade”

"O Céu é de verdade" foi sucesso de bilheteria nos Estados Unidos, conta a história de uma criança que visita o paraíso em uma experiência de “quase morte”