26.3 C
Vitória
segunda-feira, 6 abril, 2020

Pais alertam: cuidado com as brincadeiras perigosas

- Continua após a publicidade -

Mais lidas

PIB da China deve ter no 1º trimestre a primeira queda em 40 anos, diz estudo

O Produto Interno Bruto (PIB) da China deverá registrar no primeiro trimestre a sua primeira queda em quarenta anos, mostra o estudo "Perspectivas do Desenvolvimento Econômico Chinês pós-Covid-19 e impactos para a economia brasileira"

Plataforma Inteligente no combate ao coronavírus no ES

O Centro de Comando e Controle para Ações e Prevenção ao Coronavírus no Estado do Espírito Santo lançou uma Plataforma Inteligente contra a Covid-19. Saiba mais!

Rainha Elizabeth II: “dias melhores virão”

Em 68 anos de reinado este foi o quinto discurso realizado por Elizabeth II, que destacou o esforço dos profissionais do sistema público de saúde na luta contra o covid-19

Igrejas de Cuba terão espaço na televisão nacional

Os evangélicos cubanos de diferentes denominações haviam compartilhado através das redes sociais um pedido dirigido ao Instituto Cubano de Rádio e Televisão (ICRT) , para incluir conteúdo cristão em sua programação regular.

Colégios cristãos do país gravaram vídeos alertando para as brincadeiras perigosas. “Infelizmente crianças e adolescentes são instigados à trolagem e brincadeiras de mau gosto na internet”, declara pedagoga Ana Paula Hashimoto

As brincadeiras perigosas! Essa semana a mídia divulgou o caso da estudante Emanuela Medeiros, 16 anos, que morreu após participar de uma brincadeira conhecida como roleta-russa humana. O fato foi o ano passado, Mossoró, Rio Grande do Norte. Porém, em entrevista ao G1 os pais da menina fizeram um alerta para os adolescentes.

“Pedimos aos adolescentes que não participem dessa brincadeira, não brinquem disso. Isso pode matar”, alertaram Manoel da Costa e Maria Rita. Eles também alertaram para que os estudantes não copiem tendências perigosas.

A menina faleceu após ter sofrido traumatismo craniano. Ela bateu a cabeça no chão ao dar uma cambalhota sob assistência de outras duas participantes da roleta-russa humana.

Brincadeiras perigosas

Há cerca de duas semanas outra brincadeira perigosa que viralizou na internet foi o desafio da rasteira. E se tornou popular entre os estudantes. Porém, quase levou a morte da mãe do adolescente que criou a brincadeira.

A Sociedade Brasileira de Neurocirurgia chegou a emitir um comunicado de utilidade pública, informando as lesões irreversíveis que poderiam acontecer.

O Colégio Batista  de Brasília (DF) gravou um vídeo com três estudantes mostrando os perigos do “desafio da rasteira”, também chamado de “quebra-crânio”. “Nós nos importamos com o nosso colega. Aqui não rola”, diz um dos estudantes.

“Quando a ‘brincadeira’ viralizou, recebemos mensagens de diversos pais preocupados. Resolvemos conversar com os estudantes e eles deram a ideia de fazer o vídeo. Falamos sobre respeitar e cuidar dos colegas. Ainda bem que ações positivas também influenciam e dão resultado“, comemorou Ludmila Santos, diretora de comunicação da escola.

Alerta dos alunos do Colégio Batista de Brasília

Prevenção

Segundo a pedagoga cristã, Ana Paula Hashimoto, a internet está prejudicando a saúde emocional, mental e intelectual das crianças e adolescentes. “Elas são instigadas a trolagem e brincadeiras de mau gosto. Enquanto educadores, nosso papel é fazer alerta para que pais professores e pais se conscientizem do problema e minimizem os terríveis danos causados por conta disso”, explicou.

A psicopedagoga Maria Tereza Samora acrescenta. “Esses jovens praticam ações que visam descobrir o limite do seu próprio corpo, ter sensação de euforia ou sensação de relaxamento. Tudo por motivações de busca em pertencer em determinado grupo. Quem pratica não tem noção do real perigo que corre. Infelizmente muitos casos terminam em morte ou sequelas graves”, destaca.

Para ela, é fundamental que as escolas abordem esse tema, mostrando que quem ganha o desafio é quem fica de fora. “Ganha o desafio quem tiver a coragem de dizer não. Essa é a mensagem”, explica.

Dicas para os pais

DIÁLOGO – ficar atento e procurar saber o que acontece na vida da criança/adolescente. Ao perceber qualquer mudança procure um profissional da saúde.

ORIENTAÇÃO –  orientar e alertar sobre os perigos dessas brincadeiras, conscientizar do real perigo da prática, desde sequelas até morte.

CONFIANÇA –  construa um espaço de confiança. Se a criança souber de alguém praticando, oriente-o a procurar ajuda.

VIGILÂNCIA –  o monitoramento do conteúdo acessado na internet é importante para prevenir.

ENCORAJAMENTO – Encoraje-os a buscar alternativas saudáveis e a fazer as escolhas certas, sem medo dos julgamentos dos colegas.

- Continua após a publicidade -

Revista Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Live: “As perguntas cruciais a serem respondidas na crise”

Um dos 25 melhores CEO’s dos EUA, Craig Groeschel fará nesta quinta-feira (02), às 10h30, uma Live exclusiva para o Brasil com tradução simultânea

Vigília online ‘Há uma Luz’: um clamor contra o covid-19

Para levar paz e esperança à população afetada pela pandemia global da Covid-19, a plataforma cristã, InChurch, organizou a vigília online “Há uma Luz” nesta quarta (1º).

26 de março: live – Como inovar na igreja em tempos de disruptura

Nesta quinta (26), as 19h, vai acontecer a primeira live da série "O efeito da liderança na crise” com Josué Campanhã, diretor da Envisionar e Thiago Faria

Novo Som faz show online

Devido a quarentena por causa do coronavírus, a banda vai estar ao vivo no sábado (28) a partir das 20h. Será transmitido pelo Instagram e Facebook

Receber notícias

Gostaria de receber notícias em primeira mão? Assine gratuitamente agora:

Plugue-se

Vencendo o medo é tema de campanha da SBB

Nesses tempos difíceis que o Brasil e o Mundo têm enfrentado, a Sociedade Bíblica do brasil quer levar Esperança às pessoas. Por isso, foi lançada a campanha de evangelização "Vencendo o Medo", com o objetivo de compartilhar a Palavra de Esperança.

Danilo Franco traz o pop pentecostal em “Confio em Deus”

Em tempos de isolamento social, a mensagem da canção "Confio em Deus", de Danilo Franco, pode fazer grande diferença na vida de milhares de pessoas. 

Serginho, do Roupa Nova, em projeto gospel

Conhecido por integrar um dos maiores grupos musicais do Brasil, o Roupa Nova, Serginho agora lança "releituras", um projeto com louvores consagrados do meio evangélico

“Me aproximei mais de Deus”, desabafa Yudi Tamashiro

Chorando muito, Yudi Tamashiro contou que a doença foi descoberta há dois meses. Mas só esta semana foi confirmado que o tumor é maligno. Então ele fez um desabafo.