back to top
22.7 C
Vitória
quarta-feira, 17 DE julho DE 2024

Advogada reforça que suposta vítima de Daniel Alves não quer indenização

Ex-mulher de Daniel Alves diz que não tem notícias do jogador: 'Estou preocupada' - Foto: Reprodução/Twitter
Ex-mulher de Daniel Alves diz que não tem notícias do jogador: 'Estou preocupada' - Foto: Reprodução/Twitter

Segundo a advogada, a vítima está tomando um coquetel antiviral para evitar contaminação por IST

A advogada da mulher supostamente estuprada por Daniel Alves reafirmou o desejo da vítima em ver o jogador preso, rejeitando a possibilidade de receber uma indenização pelo caso. Segundo Ester Garcia López, a denunciante de 23 anos deixou claro suas intenções desde o primeiro momento em que a buscou. O atleta está preso preventivamente, sem direito a fiança, no presídio Brians 2, em Barcelona, na Espanha

“Ela me disse ‘tenho a sorte de ter boas condições e não quero indenização, quero prisão'”, contou a advogada em entrevista ao site UOL. Ester disse ainda que ela tinha o direito ao dinheiro, mesmo não querendo, mas a vítima permaneceu irredutível. “‘Se tiver dinheiro envolvido, não vou contratar você'”, disse.

De acordo com a publicação, Ester tem preservado ao máximo a vítima das notícias que saem na imprensa pelo receio de que haja uma pressão midiática e ela desista do processo, aceitando um eventual acordo. Para defender-se, Daniel Alves contratou Cristóbal Martell, advogado que já defendeu Lionel Messi, Barcelona e políticos importantes da Espanha. Miraida Puente Wilson também participa da defesa do atleta. 

Ester explica ainda que a prisão preventiva de Daniel Alves se deu por três motivos: a existência de indícios que corroboram a investigação de suposta agressão sexual, como a contundência do depoimento da vítima, enquanto a versão do jogador apresenta diversas contradições; o risco de fuga, por se tratar de alguém com dupla nacionalidade e grande capacidade financeira, o que dificultaria uma eventual extradição; e a preservação da identidade da vítima, evitando uma obstrução à Justiça.

- Continua após a publicidade -

Ainda de acordo com a advogada, a vítima está tomando um coquetel antiviral para evitar contaminação por infecções sexualmente transmissíveis. Ester aponta que sua cliente foi agredida sexualmente pelo jogador sem uso de preservativo. Ela disse ainda que a vítima está muito abalada com a situação e faz uso de ansiolíticos para conseguir dormir.

Recurso

Daniel Alves completa, nesta sexta-feira, uma semana de prisão. A nova defesa do jogador de 39 anos, encabeçada pelo advogado Cristóbal Martell, tem até terça-feira, dia 31, para apresentar recurso na 15ª Vara do Barcelona e pedir a soltura provisória do cliente.

O prazo foi estendido para dar tempo à nova equipe de advogados para revisar o caso que eles assumiram nesta quarta-feira no tribunal. O recurso é mais uma etapa de um processo complexo em que a nova defesa do brasileiro tentará redesenhar a estratégia.

Com informações de Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -