Adoração através da dança

Seminário de Dança e coreografia realizado pelo deputado Glauber Coelho reúne centenas de jovens na Primeira Igreja Presbiteriana de Cachoeiro de Itapemirim
A dança, ministério de adoração em igrejas de diferentes denominações, foi assunto de debate num seminário realizado pelo deputado estadual Glauber Coelho (PR), no ultimo sábado (03), na Primeira Igreja Presbiteriana de Cachoeiro de Itapemirim. O evento reuniu centenas de jovens de igrejas católica e evangélica de diversas cidades do sul do Estado. As inscrições foram gratuitas.
O evento foi ministrado por Isabel Coimbra, líder do Ministério de Dança da Igreja Batista de Lagoinha (MG), e Vivian Lazzerini, líder da Cia de Dança que leva seu nome, em São Paulo.
Durante a programação, foram apresentadas aos participantes técnicas de dança e consciência corporal para coreógrafos e bailarinos, bem como orientações para figurino, maquiagem e comportamento durante a apresentação. Tudo isso aliado a espiritualidade, a unção e vivência cristã.
Muitos participantes tiveram o primeiro contato com a dança durante o seminário. Outros, como Mônica Pessoa, que dança há oito anos no grupo da Igreja Rio da Vida, de Cachoeiro de Itapemirim, foi uma oportunidade para ampliar os conhecimentos e aprimorar as técnicas. “Aprendi muito hoje sobre disciplina, comportamento e espiritualidade na dança”, destacou.
Já Mirian Santos, do grupo Baruc, da Igreja Batista Renovada Betel, disse que o aprendizado será aplicado nas coreografias que vem sendo ensaiadas pelo grupo e que devem ser apresentadas este ano nas igrejas e em eventos. “Seminários como esse despertam nosso crescimento profissional e espiritual. Sairemos daqui hoje renovados”, afirmou a participante.
As palestrantes também ficaram satisfeitas com o resultado do evento. Para Vivian Lazzerini é fundamental que os líderes e demais membros dos grupos entendam a proposta da dança nas igrejas, que é o de cura, libertação e edificação. “A gente dança para ser instrumento na vida das pessoas e ferramenta do Evangelho através da arte. A dança deve levar a maturidade espiritual, de forma que nosso corpo seja conduzido pelo Espírito Santo”, explicou.
Isabel Coimbra também avalia o chamado mais importante que a técnica. “A técnica é secundária. O mais importante é entender a proposta de Deus, o verdadeiro descortinar na vida do cristão. Por isso, na primeira parte do seminário debatemos tanto sobre a Palavra de Deus como armadura e entendimento do chamado”, disse a palestrante.
De acordo com deputado Glauber Coelho, a ideia para a realização do seminário surgiu no Festival de Arte e Júbilo, evento também promovido por ele, com participação de várias igrejas e que no ano passado reuniu mais de 1.500 pessoas nas eliminatórias. “Pensamos em como dar oportunidade para os jovens e adolescentes a desenvolverem ainda mais sua arte. Vemos na capacitação um meio de incentivá-los no ministério da dança, que também é uma linguagem e uma forma de despertar o amor a Deus e ao próximo”, ressaltou.
O Festival de Arte e Júbilo (FAJ) deve ter início no próximo mês, com eliminatórias nos municípios participantes. No ano passado, os três primeiros colocados foram premiados com um valor somado de R$ 2 mil.