28.2 C
Vitória
segunda-feira, 30 março, 2020

A era do circo

- Continua após a publicidade -

Mais lidas

Abertura dos jogos olímpicos acontecerá em julho de 2021

Os Jogos Olímpicos de Tóquio têm nova data definida para serem realizados: de 23 de julho a 8 de agosto de 2021 na capital japonesa

Hospital no Pacaembu deverá ser entregue em abril

A construção para receber pessoas com a Covid-119 é uma parceria entre Hospital Israelita Albert Einstein e Prefeitura de São Paulo

Covid-19: número de mortes no Brasil sobe para 136

Os casos confirmados da doença aumentaram de 3.904 para 4.256. Confira!

Presidente da Uefa diz que temporada europeia pode estar perdida

Presidente da Uefa Aleksander Ceferin apresenta pouco otimista quando fala dos problemas da pandemia do coronavírus no calendário

Os cultos e as reuniões em muitas igrejas,  disputam as platéias… Não atraem mais os pecadores pelo poder de Deus explicitado pela exposição da Sua Palavra.

Justo González, teólogo e historiador cubano, escreveu uma série de textos (Obra de 10 volumes) intitulados  “Uma História Ilustrada do Cristianismo. Um aspecto interessante deste trabalho, foi como González definiu os títulos de cada volume, começando sempre com “A era dos…”. Assim, o volume 1 foi intitulado ‘A era dos mártires’, pois tratava dos primórdios do Cristianismo. O volume 2 recebeu o título de ‘A era dos gigantes’, o volume 3 foi ‘A era das trevas’, e assim seguiu- se até o volume 10: ‘A era inconclusa’, que cuida da história do Cristianismo no século XX.

Eu tenho imaginado se Gonzáles escrever um volume 11 (e pode ser até que o esteja fazendo), que título daria para um texto sobre a história da igreja cristã no século XXI? Fosse eu a escrever esse texto, não teria dúvida: ‘A era do circo’.

Com muita tristeza constato que vivemos um tempo quando a igreja cristã, em muitos contextos, tem  propugnado cada vez mais pelos números, pelo mercado e pelo marketing, contracenando nessses meandros, com a mediocridade de uma membresia infrutífera, apática, insensível e indiferente ante aos desafios do Reino de Deus.

Os cultos e as reuniões em muitas igrejas,  disputam as platéias… Não atraem mais os pecadores pelo poder de Deus explicitado pela exposição da Sua Palavra. Aliás, falar de exposição da Bíblia hoje é remar contra a maré. O público corre para o show, se aglomera para rir e ter um tempo light de entretenimento religioso, sem a confrontação de temas como pecado,  juízo, santidade,  testemunho e  fidelidade aos valores do Evangelho. Em muitos casos também a música cantada é pobre de Bíblia,  marcada mais por repetições e menos por afirmações fundadas na Palavra de Deus.

Na era do circo, em muitos contextos o pastor foi substituído pelo animador, os músicos pelos artistas, os ministros pelos  malabaristas, trapesistas, mágicos, palhaços  e domadores. Na era do circo o genuíno tem cedido lugar ao artificial, a ética e moral cristãs dão sinais de arrefecimento; o culto tem virado show, o santuário tem sido mais semelhante a um  picadeiro e o foco de muitas igrejas, não está mais em expor de forma clara a resposta de Deus às necessidades e angústias do ser humano, mas sim em oferecer algo que sacie os seus desejos.

A nota de esperança, graças a Deus, é que ainda existe a igreja que resiste com coragem e fidelidade, às pressões circenses do século XXI. A igreja da resistência não se comporta como plateia que aplaude e ri, não se conforma com Psicologia aplicada em forma de sermão, nem com fórmulas prontas tipo receituário; tampouco se deixa seduzir pelos astros do púlpito, das câmeras e dos estúdios.

A igreja que resiste ao circo luta pelo Evangelho puro e simples, o Evangelho da graça de Deus. Resistamos firmes, ao circo em que muitos hoje querem transformar, a igreja de Jesus.


Lécio Dornas é pastor, escritor e educador. Presidente da Ordem dos Pastores e das Igrejas Batistas Brasileiras na América do Norte. Serve como Pastor da Comunidade Brasileira da First Baptist Church Windermere, na Grande Orlando, FL

- Continua após a publicidade -

Revista Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

26 de março: live – Como inovar na igreja em tempos de disruptura

Nesta quinta (26), as 19h, vai acontecer a primeira live da série "O efeito da liderança na crise” com Josué Campanhã, diretor da Envisionar e Thiago Faria

Novo Som faz show online

Devido a quarentena por causa do coronavírus, a banda vai estar ao vivo no sábado (28) a partir das 20h. Será transmitido pelo Instagram e Facebook

Coronavírus: Os eventos evangélicos que já foram cancelados

Devido a pandemia que se instalou no país por conta da Covid-19, muitos eventos evangélicos foram cancelados, suspensos ou adiados. Confira!

Oficina sobre comicidade no ambiente hospitalar

O Lacarta Circo Teatro abre inscrição para palhaço hospitalar. A oficina acontecerá dia 14 e 15 de março das 09h às 16h, na sede...

Receber notícias

Gostaria de receber notícias em primeira mão? Assine gratuitamente agora:

Plugue-se

Programas on-line para mentoreamento de homens e mulheres

Ministérios vão transmitir série de lives com objetivo de fortalecer as famílias e oferecer aos pastores, líderes e cônjuges ferramentas para o cuidado intencional, discipulado e mentoreamento

Vem aí o Festival de Cinema Cristão 2020

Entre as novidades do Festival desse ano estão a abertura para a categoria de filmes para surdos e mudos. Inscrições começam dia 1º de abril e vão até 30 de junho

Um encontro diário com a Palavra de Deus

A SBB mobiliza-se para levar esperança à população brasileira, disseminando, pelos meios digitais, a mensagem da Bíblia Sagrada. Entre as ações estão a campanha #PalavradeEsperança e o podcast Um minuto com a Bíblia

Como a pandemia deve ser encarada pelos cristãos?

“Creia no sobrenatural de Deus”, diz médica cristã, ao falar sobre o medo do coronavírus e como os cristãos devem encarar a pandemia