A culpa é de qual geração?

Leia também

Gilmar Mendes: ‘Se tivesse havido maior coordenação, teríamos muito menos mortes’

Ele lembrou ainda o impacto da realidade sanitária e da desigualdade social do País no agravamento da crise

Força-tarefa da Postalis e PF miram lavagem e fazem busca no RJ atrás de R$ 45 milhões

Ao todo os agentes cumprem seis mandados de busca e apreensão no Rio de Janeiro

Para delegado, abordagem de PMs a cliente negro foi ‘inadequada e truculenta’

Segundo a administração do shopping, ambos trabalhavam para uma "empresa de consultoria de segurança", que foi afastada

“É a hora de assumir a nossa responsabilidade e garantir uma melhor futura geração”

Pra quem não sabe, nasci na década de 90, então, como dizem, pouco vi e vivi dessa vida. Lógico que não discordo disso, mas vou tomar a liberdade de falar do vejo. De vez em quando, ouço alguém dizer que a atual geração não sabe o que é bom, não sabe brincar e não tem mais valores e princípios como “os mais antigos”. Mas algo nessa história me intriga muito.

Partindo do pressuposto de que o que eu sei foi repassado pelos meus pais, avós, tios e demais integrante da família, consecutivamente, o que os meus filhos vão aprender, vai depender do que eu vou ensinar e permitir. Então, podemos concluir que parte da decadência de uma geração é culpa da geração anterior?

Digo parte, porque sei que o mundo mudou e em muitos segmentos. O aumento da criminalidade obrigou a sociedade a mudar seu comportamento e o avanço da tecnologia invadiu as nossas casas e, principalmente, a vida das crianças.

É fato que realmente não temos culpa de tudo, mas vamos pensar no outro lado da história. Analisando algumas destas mudanças de comportamento das gerações, vocês concordam que nós temos influência no que é ensinado hoje?

Como não tenho filhos, vou pedir desculpas pela ousadia em falar do assunto, mas não é nada raro encontrar crianças hoje que “negociam” suas vontades com adultos que não têm mais autoridade sobre elas. (Estou falando de crianças mesmo, e não de adolescentes.)

Diante disso, chego a uma conclusão. Nós, adultos, precisamos ser esses agentes transformadores para “salvar” as futuras gerações. Nós sim, não só os pais. O que fazemos vai ficar de exemplo para alguém.

A culpa é nossa! Não importa a nossa idade, profissão ou grau de instrução. A sociedade está perdendo sua essência e se não queremos que piore, é a hora de assumir a nossa responsabilidade e garantir uma melhor futura geração.


Bruna Hemerly é jornalista.

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Canta Recife Experience com Rodolfo Abrantes e esposa

O Canta Recife Experience é o primeiro evento drive-in cristão do Nordeste. Saiba mais!

Semana de lives da Consciência Cristã 2021; Confira as datas!

O tema das lives, que acontece de hoje, 3, até sábado, 8, é "Feitos à imagem de Deus", que será a abordagem do Consciência Cristã 2021

Helena Tannure e Alda Célia no Congresso Vitoriosas

É a terceira edição do evento, que é voltado para mulheres. O tema do Congresso Vitoriosas 2020 será Transformadas. Saiba mais! 

Lagoinha abre curso Linhas de ensino; Saiba mais!

As aulas das turmas do primeiro módulo do Curso Linha de ensino se iniciam a partir de 17 de agosto. Saiba mais!

Plugue-se

Baltazar, o atacante brasileiro “artilheiro de Deus”

Conhecido como Baltazar, o "artilheiro de Deus", foi destaque na década de 80, atuando pelo Grêmio de Porto Alegre e hoje, aos 61 anos é pastor e empresário. Conheça essa história!

“Entre a vingança e o perdão”: superando as dificuldades

Deus e perdoa, e você? Embarque nessa viagem sobre superação e perdão com “Entre a vingança e o perdão” 

‘Fala, Pai’: podcast especial para homens

O "Fala, pai" apresenta  31 reflexões, com cerca de três minutos voltadas para os homens. Saiba mais!

Dia dos Pais: aqueça os corações com um bom filme

O Dia dos Pais é celebrado neste domingo, 9, mas que tal aproveitar o fim de semana para aquecer o coração com um filme especial?