23.9 C
Vitória
sábado, 27 novembro 2021

“A boa mentira”: uma reflexão sobre o amor

Conhecido como “os meninos perdidos do Sudão”, filme traz uma reflexão sobre solidariedade, compaixão e amor pelo próximo. História baseada em fatos reais

Por Priscilla Cerqueira

“Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a vida pelos seus amigos”, disse Jesus aos seus discípulos após exortar que devemos amar uns aos outros assim como Ele nos ama. Esta é a mensagem central do filme: o amor, que se manifesta de diversas formas, e está longe de ser um mero sentimento, pois é decisão, concreto em atos e palavras.

A partir da vivência em uma realidade marcada pelos conflitos e guerras, os “meninos perdidos do Sudão”, como são conhecidos, tendem a entender de forma encarnada o que é solidariedade e compaixão, afinal, precisam lidar a cada dia com as dores e as perdas.

Por isso, o filme traz muito esta dimensão do cuidado que se tem com o outro, a atenção, respeito e um olhar sobre a necessidade, tanto dos mais próximos quanto daqueles que eles sequer conhecem.

Tendo a oportunidade de imigrarem para os Estados Unidos, passam a ter uma nova vida e conhecem valores e conceitos novos de sociedade, algo que lhes era incomum em sua terra natal, e o belo é notar a inocência de seus corações e o sincero desejo de não se deixar levar muitas vezes pelo pensamento consumista, egoísta e individualista, mas ser testemunho deste amor concreto para com os outros.

A primeira meia hora do filme traz todo o drama de sobrevivência dos irmãos, que passam fome e perseguições, enquanto tentam fugir da guerra civil no Sudão e ir para o campo de refugiados mais próximo.

Sinopse

Três homens sudaneses, Mamere (Arnold Oceng), Jeremiah (Ger Duany) e Paul (Emmanuel Jal), têm a oportunidade de sair do país e conseguir uma vida melhor nos Estados Unidos. Eles são acolhidos por uma assistente social, Carrie Davis (Reese Witherspoon), que pouco conhece sobre o duro passado de cada um.

Ela é uma mulher solteira, bem resolvida e muito prática, o que parece estranhíssimo para eles. Aos poucos, tornam-se amigos e descobrem uma nova visão de mundo. Os meninos, de perdidos que estavam, se encontraram no amor.

Confira o trailer

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se