back to top
27.9 C
Vitória
sábado, 22 junho 2024

A ascensão da Ficção Cristã no Brasil: Uma Conversa com a autora Sara Gusella

Sara Gusella, autora de fantasia e idealizadora da FEFIC, maior Feira de Ficção Cristã no Brasil (Foto: Reprodução / Redes Sociais)
Sara Gusella, autora de fantasia e idealizadora da FEFIC, maior Feira de Ficção Cristã no Brasil (Foto: Reprodução / Redes Sociais)

Sara Gusella, autora de fantasia, é idealizadora da maior Feira de Ficção Cristã no Brasil, a FEFIC, e falou à Comunhão sobre sua experiência com o gênero

Por Carolina Leão

“O Peregrino”, de John Bunyan, é o livro mais vendido depois da Bíblia. “As Crônicas de Nárnia” são as obras de fantasia mais famosas de C.S. Lewis, um ícone da literatura cristã. E o que esses livros têm em comum? Todas essas histórias se enquadram em sucessos da ficção cristã. A ficção acompanha o cristianismo há séculos e, no Brasil, atualmente tem se popularizado e ganhado espaço.

2ª Edição da FEFIC, Feira de FIcção Cristã em BH (Foto: Reprodução)
2ª Edição da FEFIC, Feira de FIcção Cristã em BH (Foto: Reprodução)

Sara Gusella é escritora de fantasia e ficção científica. Ela também é idealizadora da maior Feira de Ficção Cristã do Brasil, a “FEFIC”, que foi o primeiro evento exclusivo no país voltado para esse segmento. Sobre o evento, Gusella explica: “Ela tem o objetivo de avançar o mercado de ficção cristã, através da promoção de obras e autores, dando uma visibilidade maior para histórias que antes não eram tão valorizadas nem dentro ou fora da igreja”, relata.

A programação já teve duas edições. A primeira, em agosto de 2022 e, a segunda, nos últimos dias 14, 15 e 16 de julho. A idealizadora conta como surgiu a iniciativa: “Surgiu no início de 2022, em um encontro de autoras cristãs de Belo Horizonte. Eu tinha acabado de voltar da Bienal do Rio e havia ficado apaixonada pela experiência que eventos presenciais como aquele proporciona e comecei a sonhar em conseguir fazer algo do tipo voltado para o público cristão”, relembra.

- Continua após a publicidade -

Sara Gusella, retornando para Belo Horizonte, fez contato com outras autoras da cidade que escreviam ficção cristã e assim nasceu o projeto de fazer uma feira de livros onde todas pudessem expor suas obras.

A ficção cristã tem público no Brasil

Com a iniciativa, foi possível perceber que ainda existe um público hoje em dia interessado por esse tipo de narrativa. “A primeira edição aconteceu de forma milagrosa em agosto do ano passado, com pouquíssimo dinheiro e uma equipe totalmente voluntária e foi um sucesso além do esperado. Ela mostrou que a ficção cristã tem público no nosso país, trazendo escritores e leitores de diferentes estados para Belo Horizonte”, avalia Sara Gusella.

Para a escritora, a literatura de ficção no cristianismo está em expansão e crescimento. “Com muitos autores novos chegando e muitas histórias sendo escritas e compartilhadas. Aos poucos, sendo mais notado pelo público cristão, que tem percebido que essas histórias sempre existiram e sempre foram edificadoras para fé, como O Peregrino e As Crônicas de Nárnia”, avalia.

A nova geração precisa de histórias de qualidade

As histórias de fantasia e ficção científica podem alcançar diferentes públicos. No entanto, Sara Gusella chama a atenção para a atração do público infanto-juvenil às histórias cristãs. “Acredito que após a pandemia os pré-adolescentes tem de fato lido muito mais, as próprias redes sociais colaboraram para isso, divulgando títulos e autores que estão na moda, mas que muitas vezes nem são para o público alvo que as estão consumindo. Então apesar de termos leitores de diferentes idades, afinal todos nós consumimos e precisamos de boas histórias, a ficção cristã vem como resposta para essa nova geração, que mesmo nas telas está retornando aos livros de papel e precisa desesperadamente de histórias de qualidade”, conclui.

Mais informações sobre a autora

Sara Gusella é mineira e tem 23 anos. Sempre foi apaixonada pela Inglaterra, As Crônicas de Nárnia e o espaço, o que resume muito de seu coração e suas histórias. É autora de: “Os Clãs da Lua”; “O Órfão da Cidade Escura”; “O Fim de Todas as Marcas”; “O Jogador que Viajou no Tempo”; “Parque Fallacie”; e “A Escolha do Verão”, que será relançado no segundo semestre de 2023 pelas editoras Thomas Nelson e Pilgrim.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -