28.8 C
Vitória
terça-feira, 23 abril 2024

74% dos adolescentes brasileiros acreditam em Jesus, revela pesquisa

Evento reúne milhares de jovens brasileiros - Foto: The Send Brasil

O objetivo do estudo é ajudar os líderes da igreja a compreender como alcançar esse público. Saiba mais!

Por Patricia Scott [CBN News] 

A América Latina é o berço de uma geração que está ativamente envolvida com a igreja e aprendendo mais sobre Jesus Cristo. É o que revela a recente pesquisa “The Open Generation Survey” (“Geração Aberta”), realizada pelo Grupo Barna.

O estudo enfatiza o acompanhamento das percepções e do envolvimento dos adolescentes na América Latina a partir de três elementos da fé cristã: Jesus, a Bíblia e a justiça. Os jovens do Brasil, Honduras, México e Colômbia demonstraram maior compreensão de Cristo e da Bíblia.

No Brasil

Aproximadamente 74% dos adolescentes brasileiros disseram acreditar que Jesus oferece esperança às pessoas. Já 60% ressaltaram que Ele faz uma diferença real no mundo atual, e 70% acreditam que Cristo voltará um dia. E 55% acreditam que Jesus era Deus em forma humana, aponta o estudo.

- Continua após a publicidade -

No Brasil, o cristianismo evangélico está crescendo rapidamente, de acordo com o portal de notícias Economist, e poderá superar o catolicismo até 2030. Assim, a Global Gospel Coalition, ministério evangelístico voltado para os jovens no Brasil, aponta que centenas de estudantes ouviram o Evangelho em 10 escolas diferentes em Manacapuru (AM).

“Considero um grande privilégio poder alcançar crianças e adolescentes em escolas públicas no Brasil”, afirmou o evangelista Rubens Cunha, que ministrou em um dos eventos na cidade amazonense.

‘Geração Aberta’

A “Geração Aberta”, conforme explica o Barna, admira Jesus por Sua compaixão, perdão e cuidado com os outros. Estão também preocupados com a justiça e empenhados na leitura das Sagradas Escrituras.

A evangelista Christine Caine teve o privilégio de realizar reuniões de jovens ao redor do mundo. Ela compartilhou que os adolescentes estão procurando uma conexão autêntica e genuína com Jesus.

“Há um desespero. Uma sensação de ‘Nosso mundo está fora de controle e precisamos de algo maior do que nós mesmos para intervir nisso. Não queremos religião, não queremos guerras culturais. Queremos um encontro radical com um Deus vivo que fará a diferença na minha vida cotidiana'”, detalhou.

A pesquisa

Os adolescentes foram recrutados para participar da pesquisa quantitativa por intermédio dos pais. Os dados foram reunidos “no maior estudo da história da organização”.

O objetivo de estudo é ajudar os líderes da igreja a compreender como alcançar os adolescentes. No total, foram 24.557 entrevistados, com idades entre 13 e 17 anos, em 26 países. As entrevistas ocorreram entre 21 de julho de 2021 e 24 de agosto de 2021. Na Nova Zelânia, outras 313 respostas foram coletadas em fevereiro de 2022.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -