26.9 C
Vitória
sábado, 27 fevereiro 2021

Estudo aponta que 70% dos brasileiros se automedicam

Evitar ir ao pronto-socorro por considerá-lo um ambiente cheio e não considerar a opinião do médico importante para sintomas de saúde estão entre as principais causas apresentadas pelos brasileiros para automedicar-se, segundo pesquisa do Instituto de Ciência Tecnologia e Qualidade (ICTQ) .

O levantamento mostra que 72% da população toma remédio por conta própria e 40% faz autodiagnóstico usando a internet. A primeira edição do estudo foi feita em 2014, quando o índice de automedicação era de 76,4%. Em 2016, foram ouvidas 2.340 pessoas em 16 cidades e, apesar da queda, o dado sobre autodiagnóstico foi considerado preocupante.

Segundo a neurologista do Hospital Metropolitano Soo Yang Lee, é preciso estar atento aos riscos da automedicação. Remédios contra a enxaqueca à base da substância ergotamina, por exemplo, podem ser adquiridos livremente nos balcões das farmácias, uma vez que não é necessário apresentar receita médica para a compra. “Com essa facilidade, há quem exagere, o que é um perigo para a saúde.

A ingestão regular desses analgésicos também pode provocar uma doença conhecida como cefaleia crônica diária por abuso de analgésicos, que é cada vez mais comum nos dias de hoje e muito difícil de tratar. Nesse quadro, ocorre a perda do efeito dos remédios no organismo, e a pessoa passa a viver mais tempo com a dor de cabeça do que sem ela.”

Cuidados redobrados na gravidez

A situação ideal seria aquela em que a mulher grávida não recebesse nenhum medicamento durante toda a gestação. Muitas vezes, a gravidez é acompanhada por distúrbios ou enfermidades que exigem terapia. O médico deve então avaliar a relação benefício-risco e decidir. No caso de necessidade, a regra é consumir os produtos com informações de uso na gestação na literatura, utilizando sempre a menor dosagem e durante o menor período possível.

Medicamentos não devem ser ingeridos nesse período sem acompanhamento de especialista. Isso é válido para todo e qualquer remédio e qualquer forma de uso, inclusive aqueles ditos isentos de efeitos indesejados e contraindicações, como, chás de plantas medicinais, fitoterápicos, produtos naturais e homeopáticos.  Vale lembrar que os aplicados sobre a pele também podem ser absorvidos, passando para a corrente sanguínea e desta para o feto.

É importante também descartar a possibilidade de a mulher estar grávida antes de iniciar o uso de medicamentos. Com frequência, grávidas adolescentes desconhecem seu estado ou escondem a situação, utilizando nessa fase inicial, a mais crítica, medicamentos que podem causar sérios danos ao feto.

Medicamentos são responsáveis por 30% de intoxicações

Entre todos os países da América Latina, o Brasil tem uma das populações que apresentam maior tendência a comprar medicamentos sem consultar o médico. E são eles os responsáveis por mais de 30% das intoxicações humanas no país. Essa prática não é correta e há a necessidade de procurar a orientação de um profissional da saúde para iniciar o uso de remédios.

 

 

Matéria anterior O talento da Banda GDC
Próxima MatériaNa Estrada com Regis Daneses
- Publicidade -

Matérias relacionadas

Crentes que decepcionam

Não convertidos olham para dentro da igreja em busca da razão de ser um evangélico.

A igreja a serviço da recuperação de vidas

Um dos passos para acabar com o avanço do número de usuários de drogas é a igreja se envolver no trabalho das casas de recuperação. Saiba mais!

Especialista alerta sobre cuidados no uso do QR Code

o usuário nunca deverá usar QR Codes que foram enviados de um remetente desconhecido, por e-mail ou mensagens instantâneas

Novembro azul: seja homem e se cuide!

Alguns homens ainda relegam as questões de saúde a um segundo plano, mas é preciso se cuidar. Esse é o objetivo da campanha Novembro Azul

O “santo” dos crentes

A veneração aos santos da cultura católica, tão criticada pela Igreja evangélica, agora “brota” no meio dos crentes que criam seus “ídolos”, abandonando a...

Esquecemos o céu?

Líderes, pastores e pregadores estão silenciando os púlpitos com a mensagem sobre o céu. Por que nas igrejas se fala tão pouco sobre a eternidade? Para onde caminhamos?

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Voluntariado no exterior para jovens universitários; Saiba mais!

Organização IYF abre inscrições de voluntariado no exterior para jovens universitários A Organização International Youth Fellowship- IYF(comunhão internacional de jovens), é uma organização com base...

Franklin Graham no Brasil para o “Esperança Rio 2021”

Lançamento do "Esperança Rio 2021" será em Maio e em dezembro a ação evangelística, que terá participação do evangelista Franklin Graham. Saiba mais!

Deive Leonardo ministra em São Paulo fim de semana

O evangelista Deive Leonardo retorna com suas apresentações na capital Paulista nesta sexta-feira, 19 e neste sábado, em Barueri (SP). Saiba mais!

Começou a 23ª edição da Consciência Cristã; Saiba mais!

Consciência Cristã inicia hoje e reúne evangélicos para debater educação, fé, ciência e justiça social. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Natthália Gonçalves e sua admiração pelas histórias bíblicas

A atriz mirim, Natthália Gonçalves interpreta a personagem Chaya, na novela Gênesis, que é exibida pela TV Record

Deive Leonardo grava primeira série do ano em Florianópolis

Com o tema "Alvorecer", a primeira série gravada de Deive Leonardo promete levar a esperança de um recomeço e de um novo dia. Evento acontece no próximo sábado, 27. Saiba mais!

Cantora Amanda Wanessa sai da UTI

Pelas redes sociais, o marido da cantora, Dobson Santos contou que Amanda Wanessa foi transferida para o quarto: “o milagre está cada vez mais perto”, declarou. Saiba mais!

Deive Leonardo vai se apresentar em Brasília e Goiânia

O evangelista se apresenta na próxima terça-feira, 16, em Brasília e em Goiânia, prometendo trazer importantes reflexões para o público. Saiba mais!