19.9 C
Vitória
quinta-feira, 9 dezembro 2021

As 7 virtudes necessárias para liderar

Liderar implica em praticar a palavra e influenciar outros irmãos a fazerem o mesmo. Conheça alguns princípios bíblicos de liderança!

Por Priscilla Cerqueira 

Quem exerce liderança cristã na igreja, independente de ser pastor precisa se ater em algumas questões importantes. Todo aquele que possui um ministério e realiza a obra do Senhor em sua igreja local está incluído aqui como um líder cristão.

Nos dias de hoje, muitos cristãos frequentam os cultos apenas em busca de ouvir a mensagem bíblica, sem um compromisso com o reino de Deus. O líder tem o objetivo maior de praticar a palavra e influenciar outros irmãos a fazerem o mesmo. Conheça alguns princípios bíblicos de liderança.

1. O líder cristão reconhece o valor em outros irmãos

O bom líder cristão não quer a glória para si. Ele se esforça em encontrar o potencial em outras pessoas e agregar mais gente para ajudar no trabalho do reino de Deus. Aquele que lidera não pode fazer seu trabalho sozinho e, por isso, ele chama os outros a participarem com ele.

Por outro lado, aquele que exerce liderança cristã e não confia no potencial dos irmãos pode cair no erro grave de querer fazer tudo sozinho. Acima de tudo, a igreja é um corpo vivo, à medida que cada membro possui uma função específica que precisa ser desenvolvida. Uma das missões do líder é justamente identificar as pessoas certas para assumirem diferentes tarefas no seio da igreja cristã.

2. Quem exerce liderança cristã precisa de ter o caráter de Jesus

Sabemos que não existem pessoas perfeitas, mas para um líder ser considerado bom, ele deve ter um caráter moldado pela Palavra de Deus. De alguma forma, aquele que está à frente de algum trabalho na igreja é referência para outros irmãos. Por isso, não podemos ser “pedra de tropeço” em relação ao nosso próximo.

Antes de tudo, quem lidera precisa assumir a figura de um servo. Assim como Jesus que liderava seus discípulos, Ele os ensinou a “lavar os pés uns dos outros”. O líder cristão precisa buscar o caráter de Cristo ao servir o próximo. Por isso, a liderança cristã não pode ser “glamurosa”, pelo contrário, quem está à frente precisa servir a igreja, sem qualquer glória para si mesmo.

3. Usa sua influência para o bem dos outros

Bons líderes estão tão interessados em fazer uma diferença positiva na vida das pessoas que estão entre eles. Seu interesse maior é contribuir para a divulgação do evangelho e a mensagem do reino de Deus. Por isso, ele usa seu conhecimento e experiência para a edificação do Corpo de Cristo, sempre prezando pela fidelidade à Palavra de Deus.

Por isso, o líder cristão precisa abrir mão da sua vaidade para deixar que Cristo seja o principal. O bom líder percebe que outros irmãos podem ter dons e talentos que são importantes para o desenvolvimento da comunidade que eles congregam.
Desta forma, aquele que exerce liderança, no entanto, não se sente ameaçado pelo sucesso de terceiros. Ele está disposto a comemorar quando seus irmãos alcançam as virtudes do reino, evitando a todo custo a inveja e o ciúmes.

4. Serve aos outros sem esperar nada em troca

Bons líderes têm um coração voltado ao serviço da comunidade cristã. Eles realmente amam e valorizam as pessoas e querem ajudar os outros para o bem da comunidade que eles servem, sem qualquer interesse no ganho pessoal.

Infelizmente, diversos líderes têm usado sua influência no meio cristão para obter favores políticos ou possuem interesse puramente financeiro. É claro que o ministro do evangelho – pastor, bispo e etc. – deve ser remunerado pelo seu serviço na igreja. Porém, quando eles se transformam em profissionais da fé, geralmente os mesmos “assaltam” a boa vontade dos irmãos em troca de luxo, dinheiro e poder.

Por outro lado, quem exerce a liderança cristã visando o reino de Deus não quer as glórias deste mundo, mas tão somente a glorificação de Jesus. Por isso, ao servir a igreja, o líder não pode querer a atenção dos outros, mas simplesmente ajudar a desenvolver o corpo de Cristo.

5. O líder na igreja quer mais conhecimento para aplicar na igreja

Aquele que está à frente em algum trabalho na igreja, precisa sempre buscar o aprendizado da Palavra e implementar seu conhecimento para melhoria da comunidade. Isso pode ser por meio de leituras, conferências, cursos de aprendizado baseado na internet ou por meio de outros líderes.

Acima de tudo, o bom líder precisa ser capaz de ensinar (1 Timóteo 3: 2). Há uma forte ligação entre o ensino e a liderança (1 Timóteo 5: 17 e 1 Tessalonicenses 5: 12, onde o ensino é aplicado para a edificação dos irmãos).

Para exercer a liderança cristão, precisamos investir tempo e energia no aprendizado para que possam ensinar ou exercer seu ministério da melhor maneira possível.

6. Liderança cristã significa aproximar-se dos outros

Bons líderes não se isolam das pessoas, independentemente da quantidade de responsabilidade ou poder que eles alcançam. Bons líderes buscam de bom grado a contribuição de outras pessoas para que o nome de Cristo seja exaltado por meio da igreja,
Por isso o líder cristão busca ser irrepreensível (1 Timóteo 3: 2, Tito 1: 6) e alguém cuja vida exemplar atrai pessoas a Jesus.

Também, aquele que exerce liderança cristã precisa ter um gênio temperado ou equilibrado (1 Timóteo 3: 2). Ou seja, é urgente tratar bem as pessoas e espalhar o amor de Deus na comunidade do Rei, sempre com o objetivo de ajudar a todos a desenvolverem seus dons e talentos para o reino de Deus.

7. O líder cristão precisa ter uma vida de oração

Se você ocupa algum cargo em sua igreja local, tenho certeza que você sabe muito bem: a obra de Deus não é nossa, ela pertence ao Senhor. Por isso, o líder precisa ter uma vida de oração. Quando oramos, entregamos a Deus nossos anseios, dúvidas e sofrimentos. Nas batalhas da vida, a oração nos ajuda a confiar em Deus entregando nossos pedidos a Ele.

O líder que não ora confia em sua própria capacidade para exercer sua liderança. Ele acredita que liderar é assumir aspectos técnicos, alcançando o sucesso da sua empreitada. Mas aquele que exerce liderança por meio da benção do Senhor, entregará a Deus em oração sua vida e ministério.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se