back to top
27.9 C
Vitória
quarta-feira, 12 junho 2024

5 Livros sobre a Reforma Protestante

Livros sobre a Reforma Protestante de Martinho Lutero (Imagem: Reprodução)
Livros sobre a Reforma Protestante de Martinho Lutero (Imagem: Reprodução)

Em virtude deste marco comemorado em 31 de outubro, a Comunhão lista cinco livros que retratam o tema Reforma Protestante

Por Carolina Leão

Nesta terça-feira, 31, comemora-se 506 anos da Reforma Protestante. A data se consolida em memória ao dia 31 de outubro de 1517, em que Martinho Lutero apresentou as 95 teses contrárias aos costumes dos cristãos da época, fixando-as na porta da igreja de Wittemberg, na Alemanha. 

“Somente a Fé”, “Somente a Escritura”, “Somente a Graça”, Somente a Deus a Glória”, e “Somente Cristo” são as conhecidas cinco teses que resumem a proposta de reforma feita por Lutero. Em virtude desse dia que motivou as igrejas protestantes e se tornou um marco histórico, a Comunhão lista cinco livros que retratam o tema, sua repercussão e influência. 

Uma nova reforma: Após 500 anos, o que ainda precisa mudar? – Maurício Zágari (org.)

Este livro foi publicado pela Mundo Cristão em virtude da comemoração dos 500 anos da Reforma Protestante, em 2018. De acordo com a editora, conforme escreveu nas redes sociais, esta publicação reúne alguns dos principais pensadores de variadas linhas do protestantismo brasileiro em um mosaico de reflexões. Sendo assim, o livro conta com mais de 20 autores que colaboraram com os capítulos.

- Continua após a publicidade -

A questão central da obra, que reflete sobre a igreja 500 anos após a Reforma Protestante, pode ser percebida no trecho abaixo:

  • “O mundo ainda precisa testemunhar uma nova reforma na Igreja do Deus Vivo. Ela ocorrerá quando a letargia, o comodismo e as politicagens clericais derem lugar a uma transformadora revolução dos sacerdotes adormecidos”. (Sérgio Queiroz em Uma Nova Reforma).

Leia a amostra do livro!

Reformadoras: mulheres que influenciaram a Reforma e ajudaram a mudar a igreja e o mundo – Rute Salviano Almeida e Jaqueline Sousa Pinheiro

O livro de Rute Salviano Almeida e Jaqueline Sousa Pinheiro propõe uma perspectiva diversificada sobre a Reforma Protestante. As autoras voltam-se para a figura feminina e buscam retratar em sua narrativa um pouco de sua influência. 

Leia o resumo da editora:

5 Livros sobre a Reforma Protestante
Foto: Divulgação

“Sem Argula von Grumbach e seus panfletos, Maria Dentière e sua epístola, Olympia Morata e seu saltério? Como viveriam os líderes reformados sem suas esposas, companheiras de fé, mães de seus filhos e auxiliares de seu ministério? Lutero sem Catarina von Bora? Calvino sem Idelette de Bure? Mateus sem Catarina Zell?

Em resposta a essas e a tantas outras perguntas sobre as diferentes atuações das mulheres neste movimento plural, este livro brinda os leitores com uma minuciosa pesquisa sobre as filhas de Deus que devotaram a vida à causa do evangelho de Jesus Cristo e ajudaram a fortalecer, disseminar, defender e proliferar os ensinamentos dos pais do movimento reformista.

São mulheres que, por sua influência e seu impacto, ganharam o direito de serem chamadas de reformadoras, uma vez que estiveram na linha de frente da Reforma e foram peças essenciais para o funcionamento da máquina que fez o protestantismo avançar e se solidificar como um dos grandes ramos da Cristandade no planeta. Dessa forma, a obra é, também, um memorial que chama a atenção para o valor que as mulheres tiveram ― e ainda têm ― na trajetória do reino de Deus na terra.”

 Por que a Reforma ainda é importante? – Michael Reeves e Tim Chester

Historicamente, o livro resgata o contexto em que se deu a Reforma Protestante de Martinho Lutero e também foca na importância de retomar determinados princípios nos dias atuais. Uma curiosidade que o livro apresenta é sobre como tudo começou para Lutero:

“Em 1512, aos 26 anos, Lutero foi enviado por sua ordem como professor de estudos bíblicos à nova Universidade de Wittenberg. Foi ali, estudando Agostinho e ensinado os Salmos, Romanos e Galatas, que Lutero chegou a uma compreensão radicalmente nova acerca do evangelho”. (Trecho do livro “Por que a Reforma ainda é importante?”). 

5 Livros sobre a Reforma Protestante
Foto: Divulgação

Neste livro, publicado pela editora Fiel em 2018, os autores Michael Reeves e Tim Chester respondem 11 questões vitais levantadas pelos reformadores.

Estas perguntas são de importância crucial para a vida da igreja e dos cristãos nos dias de hoje. Algumas delas são:

  1. Como obter a aprovação de Deus?
  2. Como vencer o pecado em nossa vida?
  3. Como Deus nos fala?
  4. Como saber o que é verdade?
  5. Por que tomamos pão e vinho?
  6. Em qual igreja devemos congregar?
  7. Que diferença Deus faz nas segundas-feiras pela manhã?
  8. Que esperança temos em face da morte?

História da reforma – Carter Lindberg 

A história dos reformadores e do movimento em si é a inspiração deste livro de Carter Lindberg. Com uma combinação única de relatos históricos e comentários teológicos, “História da Reforma”, publicado em 2017 pela editora Thomas Nelson, traça um panorama dos acontecimentos que levaram à Reforma Protestante e dos efeitos que repercutiram desde então.

O livro retrata da sociedade à economia em sua narrativa sobre um dos maiores acontecimentos da história do cristianismo. Tendo como pano de fundo inicial o final da Idade Média, o autor passa em seguida a relatar toda a complexidade dos movimentos que surgiram por toda a Europa. Com este livro, também se pode refletir sobre o legado da Reforma para os dias atuais.

Leia uma prévia!

Além das 95 teses – Stephen J. Nichols

Este livro de Stephen J. Nichols, publicado pela editora Fiel em 2018, quando se comemorou os 500 anos da Reforma, é uma introdução à vida, teologia e obra de Martinho Lutero. A obra oferece um resumo de seus principais escritos, inclusive as suas 95 teses, com anotações e comentários. O autor Stephen Nichols encoraja o leitor a estudar os escritos éticos de Lutero, conhecidos como “conversas de mesa”, seus hinos e seus sermões.

5 Livros sobre a Reforma Protestante“A afixação das 95 Teses no portal da igreja permanece como um momento épico na vida de Lutero. Mas esse não é o único. Outros momentos definidores viriam depois de 31 de outubro de 1517. Este livro oferece uma turnê orientada da vida de Martinho Lutero, de seus escritos e pensamentos. Tem por objetivo não apenas que valorizemos Lutero e seu legado, mas também que encontremos a mesma confiança em Deus, o Castelo Forte, em sua Palavra certeira, e em Cristo e sua obra completa na cruz. Assim, podemos olhar para trás e sentir gratidão pela vida e o legado de Lutero. Nossa celebração do passado nos lembra da obrigação que temos no presente e de nosso compromisso em relação ao futuro. Olhar para frente nos parece o melhor modo de celebrar o anivers.rio de quinhentos anos da postagem das 95 teses de Martinho Lutero.” (Stephen Nichols).

Confira 3 curiosidades sobre a vida de Lutero, retiradas do livro:

  1. Lutero tomou o hábito de monge em 1506. […] ele esperava que, com sua entrada no monasterio, resolveria suas crises espirituais. Mas, na realidade, elas só aumentaram.
  2. A música desempenhava um lugar de destaque em sua vida. Lutero é autor do conhecido hino “Castelo Forte é o nosso Deus”.
  3. Em 1512, Lutero recebeu seu doutorado, não em seu curso de Direito, que fora sua intenção original, mas em Teologia, afiliando-se ao corpo docente daquela disciplina em Wittenberg. 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -