19 C
Vitória
terça-feira, 4 agosto, 2020

Shirley Carvalhaes completa 40 anos de carreira

Leia também

PIB contraiu 11,2% no 2º trimestre de 2020

Em relação ao segundo trimestre de 2019, a queda na atividade econômica apontada pelo IAE foi de 11,7%

Esperamos que agosto seja o pico da covid-19 nas Américas, diz Jarbas Barbosa

Durante a coletiva, o diretor-assistente da Opas comentou o fato de que o padrão de transmissão da doença na América Latina tem se mostrado distinto da Europa

Brasil: Prefeitos se unem em campanha de combate à covid-19

Iniciativa é da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), que negociou com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorização especial para veicular comunicação sobre a doença em jornais, sites, rádios e na TV durante toda a pandemia

Aos 63 anos, a cantora Shirlei Carvalhaes completou 40 anos de carreira e ministério. Marcada por idas e vindas, Shirley mantém a marca de uma das cantoras mais influentes do nicho gospel.

Aos 63 anos, cantora se considera satisfeita pelo Ministério desenvolvido na música. É uma das que mais vendeu discos nas décadas de 1980 e 1990. E tem mais de 10 milhões de discos vendidos. Em sua trajetória foram vários momentos marcantes.

A carreira começou aos 22 anos, de forma tímida, sem planejamento. Mesmo enfrentando críticas demonstrou que estava pronta para o ministério na música: “Eu já estava gostando de tocar as pessoas pela minha música. Fui incentivada pela minha mãe e pela família dela para me apresentar nas igrejas. Apesar disso, tive que enfrentar críticas para começar minha carreira”.

A primeira gravação foi em 1977, com o cantor Wilson de Almeida, no álbum “Acima das Estrelas”. Dois anos depois, lançou mais dois discos “Supremo autor” e “Morada de Deus”. Ao todo, a cantora coleciona 36 álbuns gravados e mais de dez milhões de discos vendidos. Para ela, o primeiro continua especial: “Até hoje as pessoas lembram e me pedem para cantar a música que deu nome a este LP! Foi lindo demais o que Deus fez na minha vida e pelas pessoas, como o Samuel, que Deus colocou no meu caminho”, confessou.

carreira de Shirley Carvalhaes
Cantora gravou seu primeiro CD oficial, que na época era LP, em 1977. Foto: Reprodução/ Google

Ao relembrar sua trajetória no ministério, Shirley se diz satisfeita com o trabalho desenvolvido, apesar das mudanças e dificuldades por que passou nesses anos. Hoje, quase 600 mil seguidores acompanham o trabalho da cantora na internet.

“Nunca imaginei chegar aos 40 anos de ministério. Eu abdiquei de muitas coisas para servir ao Senhor. Foi uma forma de eu mostrar para as pessoas que, quando Deus está no controle, nada se perde. E agora a gente está aí há 40 anos cantando”, diz.

Em novembro, Shirley fez uma participação especial na música “Sonda-me”, no novo CD da cantora Beatriz, Deus e Eu. O álbum será lançado pela MK Music.

As melhores músicas da cantora

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Helena Tannure e Alda Célia no Congresso Vitoriosas

É a terceira edição do evento, que é voltado para mulheres. O tema do Congresso Vitoriosas 2020 será Transformadas. Saiba mais! 

Lagoinha abre curso Linhas de ensino; Saiba mais!

As aulas das turmas do primeiro módulo do Curso Linha de ensino se iniciam a partir de 17 de agosto. Saiba mais!

Fórum literário: O absurdo, a esperança e mais além

Realizado desde 2016, o Fórum literário é um curso para peregrinar nos caminhos da arte e da fé cristã. Evento, que será online, começa hoje, 27. Saiba mais aqui! 

Marcha pra Jesus é cancelada em São Paulo

Por causa do coronavírus a prefeitura de São Paulo cancelou a Marcha para Jesus. O maior evento cristão do mundo ocorreria em 02 de novembro deste ano

Plugue-se

Amanda de Sá feat Sanderson Moraes “Nossa bandeira”

Nossa bandeira é o terceiro lançamento da artista pela Sony music desde que venceu o festival de Música Eagle, edição ES, em setembro do ano passado

Faces da perseguição: o preço de viver pela fé

Viver pela fé em meio a perseguição. Na séria faces da perseguição, mostra a história do pastor Jean Marc, que enviou a família para um esconderijo no Congo, mas ficou na República centro-africana por causa da igreja. Saiba mais!

Max Weber: Economia e religião estão interligadas?

No livro "A ética protestante e o espírito do capitalismo", o sociólogo alemão, Max Weber, se debruça em um estudo minucioso sobre as religiões e o sistema econômico do século XX

Vida após a morte em “O Céu é de Verdade”

"O Céu é de verdade" foi sucesso de bilheteria nos Estados Unidos, conta a história de uma criança que visita o paraíso em uma experiência de “quase morte”