back to top
22.1 C
Vitória
segunda-feira, 15 DE julho DE 2024

4 efeitos danosos do vazamento de gás

Foto: Teona Swift/Pexels

Uma das principais razões do escapamento está na infraestrutura antiga do imóvel, além da falta de manutenção adequada

Por Patricia Scott

Vazamentos de gás podem causar explosões nas residências. Uma das principais razões é a infraestrutura antiga do imóvel, que estão desgastadas, corroídas e com danos, além da falta de manutenção adequada. 

Sem sensores adequados ou inspeções regulares, pequenos vazamentos podem passar despercebidos até que se tornem críticos. Além disso, em muitas cidades, as redes de distribuição de gás foram instaladas há décadas e não passaram por atualizações significativas.

Outro fator significativo é o erro humano e o comportamento de risco, diz a enfermeira Andrezza Silvano Barreto, da Vuelo Pharma. “A manipulação inadequada de equipamentos a gás, como fogões e aquecedores, pode resultar em vazamentos. Práticas de instalação e reparo por parte de profissionais não qualificados aumentam o risco de acidentes”.

- Continua após a publicidade -

Medidas preventivas

O ideal é que a mangueira tenha quatro milímetros de diâmetro e uma malha interna de fios de poliéster para garantir resistência, evitando furos e rachaduras. Além disso, deve possuir o selo do Inmetro e estar dentro da data de validade.

O botijão deve ser mantido em um local protegido, fora da cozinha, e nunca deve ser colocado de lado ou deitado no chão. Nem sempre um vazamento de gás é detectável pelo cheiro, por isso, antes de acender a luz ou ligar qualquer aparelho, abra as janelas ou portas para dissipar o gás que possa ter se acumulado durante a noite.

4 perigos desencadeados pelo vazamento de gás  

Intoxicação 

A combustão do gás de cozinha libera fumaça e gases tóxicos, como monóxido de carbono e dióxido de carbono. A inalação desses gases pode levar a intoxicações graves, e, em casos extremos, morte.

Asfixia

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o GLP (ou gás liquefeito de petróleo, como também é chamado o gás de cozinha) não tem odor próprio, e o cheiro que sentimos quando há um vazamento é causado por um produto adicionado ao gás justamente para que possamos detectar quando há algo de errado. E apesar de não ser tóxico, o gás pode causar asfixia, já que respirá-lo significa inspirar menos ou nenhum oxigênio.

Explosão 

A explosão pode causar danos estruturais, resultando em destroços voando e desmoronamentos. Isso pode provocar ferimentos físicos graves, como fraturas, cortes profundos e lesões internas devido ao impacto.

Além disso, queimaduras, dependendo da proximidade da pessoa do ponto de ignição. Queimaduras de primeiro, segundo e terceiro graus podem resultar em danos significativos à pele, tecidos subjacentes e até órgãos internos.

Em caso de queimaduras de segundo e terceiro graus, é essencial buscar atendimento médico imediato. “É crucial não estourar as bolhas que se formam na pele queimada, pois isso pode aumentar o risco de infecção. Se necessário, o rompimento das bolhas será realizado pelo profissional de saúde no ambiente hospitalar”, orienta Andrezza.

Problemas respiratórios

A exposição ao calor intenso e à fumaça pode danificar as vias respiratórias, causando inflamação, dificuldade respiratória e, em casos graves, insuficiência respiratória.

Caso haja a suspeita de vazamento de gás:

  • Feche a válvula de gás imediatamente.
  • Abra as portas e as janelas.
  • Não fume, não acenda velas, isqueiros ou produza qualquer tipo de faísca
  • Não ligue nem desligue equipamentos eletrônicos, nem acione interruptores de eletricidade (luzes ou campainha, por exemplo). Em vez disso, desligue a chave geral de eletricidade.
  • Não use telefone fixo ou celular.

 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -