26.9 C
Vitória
domingo, 28 novembro 2021

4 dicas para melhorar a qualidade de tempo com os filhos

“A ilusão de que não damos mais porque não podemos pode implicar uma fatura muito alta na família”

Por Marlon Max

A vida está cada vez mais corrida. Os afazeres do lar, as obrigações profissionais e até mesmo os compromissos com a igreja ocupam boa parte da agenda das famílias. Embora não seja possível determinar o que é ou não prioridade nesta lista de obrigações, é possível concluir que sobra pouco tempo para que pais e filhos dediquem tempo de qualidade uns com os outros.

A psicóloga Cláudia Morais ressalta a importância em se criar e manter o elo entre pais e filhos. Para a especialista, “as relações afetivas dependem do investimento sistemático e contínuo”.

Ela também explica que os “filhos que não usufruem do investimento diário dos pais sofrem tanto quanto os cônjuges que veem a sua vida amorosa circunscrita a momentos de rara intensidade”, explica.

Por isso destacamos quatro formas de melhorar a qualidade de tempo com os filhos. Confira

Foto ilustrativa

1. Façam pelo menos uma refeição juntos

Café da manhã, almoço ou jantar, não importa. Se organize para que em, pelo menos, uma dessas refeições todos possam estar juntos. sentar à mesa em família é um hábito muito saudável de ser cultivado, porque essa é uma ótima oportunidade de todos conversarem e compartilharem algo sobre o seu dia, dividindo os altos e baixos da rotina. Além de ser ótimo para estimular uma alimentação infantil mais saudável.

Isso vale tanto para os adultos, quanto para as crianças. Não espere que os seus filhos sejam totalmente honestos com você, se também não fizer o mesmo. Portanto, estimule-os a falar sobre o dia deles, mas conte você também sobre o seu.

2. Tenha um dia da família

Separe um dia da semana específico para realizar alguma atividade em conjunto. Pode ser para sair em um passeio, ir ao cinema, teatro ou só fazer alguma coisa em casa mesmo, o que importa é estar em família.

Mas não tente manipular as atividades, deixe que as crianças sugiram e escolham o que fazer também. Assim, elas se sentirão ainda mais importantes.

3. Trabalhem em um projeto comum

Outra boa ideia para estimular o convívio em família é vocês realizarem um projeto juntos. Pode ensinar o seu filho a fazer arremessos no basquete, montar um quebra-cabeça, completar um álbum de figurinhas, cozinhar um bolo ou até construir uma casa na árvore.

Além de serem muito divertidos esses momentos, você ainda poderá aprender mais sobre os gostos do seu filho e ensiná-lo sobre a importância de começar e terminar alguma coisa. O mais legal de tudo é que no final será possível ver o resultado do que fizeram. E ele ainda poderá dizer “fiz isso com o meu pai” ou “aprendi isso com a minha mãe” e essas palavras não tem preço, não é?

4. Envolva-os nas tarefas cotidianas

Passar um tempo de qualidade com os filhos não significa apenas fazer tarefas diferentes e inesperadas, é possível envolver as crianças nas tarefas cotidianas também. Assim, além de passar mais tempo com eles, você ainda os ensina a ser mais independentes.

Lavar o carro, varrer o chão, limpar o banheiro, secar a louça, fazer compras, arrumar os brinquedos, todas essas são exemplos de tarefas que as crianças podem lhe ajudar a fazer. No início, provavelmente a “ajuda” vai atrapalhar mais do que auxiliar. Mas, não deixe que isso impeça você de envolvê-los nas tarefas. Uma dica é tornar tudo uma brincadeira, assim as crianças vão adorar colaborar com você.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se