24 C
Vitória
terça-feira, 7 abril, 2020

Mais de 260 milhões de cristãos são perseguidos por sua fé

- Continua após a publicidade -

Mais lidas

PIB da China deve ter no 1º trimestre a primeira queda em 40 anos, diz estudo

O Produto Interno Bruto (PIB) da China deverá registrar no primeiro trimestre a sua primeira queda em quarenta anos, mostra o estudo "Perspectivas do Desenvolvimento Econômico Chinês pós-Covid-19 e impactos para a economia brasileira"

Plataforma Inteligente no combate ao coronavírus no ES

O Centro de Comando e Controle para Ações e Prevenção ao Coronavírus no Estado do Espírito Santo lançou uma Plataforma Inteligente contra a Covid-19. Saiba mais!

Rainha Elizabeth II: “dias melhores virão”

Em 68 anos de reinado este foi o quinto discurso realizado por Elizabeth II, que destacou o esforço dos profissionais do sistema público de saúde na luta contra o covid-19

Igrejas de Cuba terão espaço na televisão nacional

Os evangélicos cubanos de diferentes denominações haviam compartilhado através das redes sociais um pedido dirigido ao Instituto Cubano de Rádio e Televisão (ICRT) , para incluir conteúdo cristão em sua programação regular.

O ranking do Portas Abertas com os 50 países mais perseguidores do mundo foi divulgado na manhã desta quarta-feira (15).

Uma pesquisa única no mundo. Mais de 260 milhões de cristãos são perseguidos no planeta por causa de sua fé. E este ano, três novos países passaram a integrar a lista: Burkina Faso, Camarões e Níger. Essas informações estão na Lista Mundial da Perseguição do Portas Abertas, que classifica os 50 países mais violentos e hostis a quem professa sua fé em Cristo.

O levantamento foi formulado em mais de 60 países, entre os dias 1º de novembro de 2018 e 31 de outubro de 2019. Três pontos dividem a lista: Perseguição Extrema, Severa e Alta. Os dados foram respondidos por pesquisadores de campo, líderes religiosos e comunidades cristãs.

A Coreia do Norte encabeça a lista desde 2002. Assim, o país mantém cerca de 30% de cristãos presos por motivos religiosos e mais de 300 mil cristãos secretos. Acesse o infográfico que explica detalhadamente a metodologia da Lista Mundial da Perseguição 2020, para mais informações.

ASSASSINATOS EM MASSA

Cerca de 2.983 cristãos foram mortos por sua fé nos países pesquisados. No ano anterior, o número passou dos 4.300. Ao todo, 260 milhões de cristãos enfrentam hostilidade por professarem sua fé em Jesus.

Na Nigéria, a diminuição no número de cristãos mortos se deve ao fato de pastores de cabra fulani terem mudado de tática. Em vez invadir propriedades e comunidades cristãs, eles colocam ênfase em sequestros e assassinatos em massa.

NOVOS PAÍSES

Três países entram para o ranking dos que mais perseguem cristãos: Burkina Faso (28º), Camarões (48º) e Níger (50º).  leis internas, pressões física e psicológica, fechamento e depredação de igrejas, lojas e residências estão entre as formas de violência.

Em 2019, Burkina Faso no Oeste da África, ocupava 61º lugar e não fazia parte da Lista dos que mais perseguem cristãos no mundo. Nesse ano anterior, pastores protestantes e suas famílias foram mortos ou sequestrados por militantes islâmicos.

No Norte do país militantes radicais islâmicos mataram sumariamente cristãos de uma aldeia que usavam cruzes (em pingentes, anéis ou em suas casas). Além disso, Igrejas, escolas e ONG cristãs foram atacadas ou fecharam por medo. Ao menos 50 cristãos foram mortos por sua fé.

Camarões

A entrada de Camarões ao (48°) local, na Lista dos 50 países que mais perseguem cristãos no mundo, se deu pelo impacto de diferentes tipos de perseguição aos cristãos.

No extremo norte, a radicalização islâmica ameaça a vida de cristãos deslocados e as atividades da igreja são interrompidas. Mulheres convertidas do islã são coagidas a se casar com muçulmanos e também enfrentam o perigo de sequestro pelo Boko Haram.

O grupo terrorista intensificou seus ataques, infiltrações e recrutamento de militantes de grupos islâmicos radicais no país. Assim também, a crise de comunidades que falam o inglês, contra etnias que falam o francês tem tornado cristãos vulneráveis. O governo também recusou permitir alguns cristãos de atuarem no país. Outras religiões também perseguem cristãos porque veem o aumento no número de evangélicos como uma ameaça.

Níger 

Após anos fazendo parte só dos países observados pela Portas Abertas, o Níger volta à Lista Mundial da Perseguição. Um dos principais motivos é a violência orquestrada pelos muçulmanos radicais na região do Sahel. O país foi relativamente poupado por esses grupos e a igreja não foi o alvo principal.

No período de análise da Lista Mundial da Perseguição 2020, o país esteve sob uma série de ataques de militantes. Manifestantes também queimaram igrejas. Essa situação volátil, hostil e imprevisível do país coloca os cristãos em mais risco e vulnerabilidade.

Nos últimos anos, houve ataques de grupos armados como o Boko Haram, próximo à fronteira com a Nigéria. Pastores e líderes de igrejas de tais vilas são forçados a fugir para cidades maiores temendo por sua segurança. Em alguns casos, a pressão a convertidos ex-muçulmanos é particularmente clara, especialmente na vida privada, família e comunidade.

CONFIRA 

Lista Mundial da Perseguição do Portas Abertas (Foto: Divulgação)
Lista Mundial da Perseguição do Portas Abertas (Foto: Divulgação)


LEIA MAIS 

Os 41 anos da missão Portas Abertas no Brasil 
Países em que ser cristão pode custar a vida 
Os 10 países mais hostis ao cristianismo

- Continua após a publicidade -

Revista Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Live: “As perguntas cruciais a serem respondidas na crise”

Um dos 25 melhores CEO’s dos EUA, Craig Groeschel fará nesta quinta-feira (02), às 10h30, uma Live exclusiva para o Brasil com tradução simultânea

Vigília online ‘Há uma Luz’: um clamor contra o covid-19

Para levar paz e esperança à população afetada pela pandemia global da Covid-19, a plataforma cristã, InChurch, organizou a vigília online “Há uma Luz” nesta quarta (1º).

26 de março: live – Como inovar na igreja em tempos de disruptura

Nesta quinta (26), as 19h, vai acontecer a primeira live da série "O efeito da liderança na crise” com Josué Campanhã, diretor da Envisionar e Thiago Faria

Novo Som faz show online

Devido a quarentena por causa do coronavírus, a banda vai estar ao vivo no sábado (28) a partir das 20h. Será transmitido pelo Instagram e Facebook

Receber notícias

Gostaria de receber notícias em primeira mão? Assine gratuitamente agora:

Plugue-se

Vencendo o medo é tema de campanha da SBB

Nesses tempos difíceis que o Brasil e o Mundo têm enfrentado, a Sociedade Bíblica do brasil quer levar Esperança às pessoas. Por isso, foi lançada a campanha de evangelização "Vencendo o Medo", com o objetivo de compartilhar a Palavra de Esperança.

Danilo Franco traz o pop pentecostal em “Confio em Deus”

Em tempos de isolamento social, a mensagem da canção "Confio em Deus", de Danilo Franco, pode fazer grande diferença na vida de milhares de pessoas. 

Serginho, do Roupa Nova, em projeto gospel

Conhecido por integrar um dos maiores grupos musicais do Brasil, o Roupa Nova, Serginho agora lança "releituras", um projeto com louvores consagrados do meio evangélico

“Me aproximei mais de Deus”, desabafa Yudi Tamashiro

Chorando muito, Yudi Tamashiro contou que a doença foi descoberta há dois meses. Mas só esta semana foi confirmado que o tumor é maligno. Então ele fez um desabafo.