21 C
Vitória
terça-feira, 20 outubro 2020

250 líderes evangélicos vão a Washington defender Israel

Leia também

Juiz bloqueia R$ 29 mi de Doria por ‘autopromoção’

Campos considerou que há indícios de que Doria os princípios da impessoalidade e da moralidade administrativa

Conselho de Ética: investigação contra Chico Rodrigues depende de Alcolumbre

A estratégia da cúpula do Senado é derrubar o afastamento determinado pelo ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF)

Tebet sobre indicações ao STF: ‘problema está muitas vezes no nome apresentado’

Segundo a presidente da CCJ, "não tem uma fórmula perfeita, mas esta PEC é um pouco melhor do que aí está, sem dúvida nenhuma"

Eles apoiam a decisão do presidente Trump de mudar embaixada para Jerusalém

A promessa de Donald Trump de mudar a embaixada norte-americana de Tel Aviv para Jerusalém é muito mais do que um ato político. Para muitos judeus e cristãos em todo o mundo isso tem um significado espiritual.

Primeiramente, trata-se do reconhecimento da revelação bíblica sobre a cidade e sua importância. Além disso, acredita-se que o gesto pode influenciar outros países a fazer o mesmo, enviando uma mensagem global do reconhecimento da cidade milenar como a capital ‘de fato’ do Estado judeu, algo que incomoda o mundo muçulmano.

Nesta quinta-feira (12), mais de 250 líderes da Christians United for Israel [Cristãos Unidos por Israel], ministério dirigido pelo pastor John Hagee foram até a capital Washington.  Eles se dirigiram até o Capitólio, onde tentam pressionar o Congresso norte-americano para que autorize a mudança definitiva de mudar a embaixada assim que Trump tomar posse, dia 20 de janeiro.

Representando evangélicos de várias denominações, eles frisaram que não aceitam as decisões recentes das Nações Unidas que ignoram os lações históricos dos judeus com a sua “capital eterna” e com o monte do Templo. Também reclamam da postura de Obama, que classificou, junto com a ONU, os assentamentos na Judeia e Samaria como “território palestino ocupado”.

O primeiro-ministro de Israel Benjamin Netanyahu chamou a decisão dos EUA de “vergonhosa”, e a CUFI está fazendo coro a isso. O pastor John Hagee, fundador do ministério, declarou no início da semana: “Há milhões de cristãos sionistas que estão irritados com o tratamento que a administração Obama deu a Israel. Nós vamos fazer a nossa voz ser ouvida nas duas casas do Congresso”.

Citando vários versículos bíblicos, ressaltou que nenhum homem ou nação poderá anular as promessas de Deus: “por isso estamos do lado de Israel e do povo judeu”.

Novo embaixador defende a mudança
As duas medidas que a CUFI apoia foram apresentadas no Congresso e no Senado pelo Partido Republicano, o mesmo de Trump. Uma delas denuncia a decisão do Conselho de Segurança da ONU contra Israel e outra pede que seja cortada pela metade as verbas de segurança para todas as embaixadas americanas até que a de Israel seja movida para Jerusalém.

Promessa de campanha de Trump, a mudança da embaixada também é defendida pelo novo  embaixador americano em Israel David Friedman. Judeu, ele é um advogado renomado que tem um histórico de alinhamento com o governo de Netanyahu.

Friedman já expressou seu desejo de trabalhar para manter a aliança com Israel. “Vou trabalhar incansavelmente para fortalecer o vínculo inquebrável entre nossos países e avançar a causa da paz na região. E espero que fazer isso da embaixada dos EUA na capital eterna de Israel, Jerusalém”, disse na primeira entrevista após sua nomeação.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Promotoria de SP denuncia 70 por desvios da Saúde em contratos de OSs

A operação foi aberta em simultâneo com a "S.O.S", que fez buscas no gabinete do governador Helder Barbalho (MDB), no Palácio dos Despachos

Por ‘fragilidade probatória’, Lindôra desiste de denúncia contra líder do Centrão

Segundo a PGR, o deputado Arthur Lira atuava para assegurar os interesses da empresa na diretoria de abastecimento da Petrobras

Lava Jato denuncia Cabral e Bezerra por propinas em contratos do DER

Segundo a peça, registros contábeis apreendidos com o operador de Cabral na Calicute mostram que Maciste efetuou, entre 2011 e 2017

Flordelis entrega defesa à corregedoria da Câmara

A parlamentar foi denunciada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro no mês passado como mandante do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo. Saiba mais!

Denúncias contra Bolsonaro são suspensas no Tribunal Penal Internacional

Segundo a advogada Tânia Oliveira, integrante do Diretório Nacional da ABJD, o arquivamento não indica as investigações foram suspensas

“Difícil é ser cristão”, diz roqueiro Alice Cooper

Convertido, o astro do rock, Alice Cooper falou sobre o período em que se afundou nas drogas e testemunhou sua conversão. "O cristianismo me...

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Semana dos manuscritos do Mar Morto; Saiba mais!

Arqueólogos e especialistas vão apresentar um dos mais impactantes achados da humanidade, na semana dos manuscritos do Mar Morto. Evento, que começa nesta segunda,19, é gratuito!

Live Solidária “Um Com Eles” em Libras

A live solidária, realizada pela Portas Abertas, será transmitida pelo Facebook, e estará acessível a todos que entendem a língua brasileira de sinais. Saiba mais!

Desafio Superação em corrida virtual; É neste domingo, 18

Em alusão ao Outubro Rosa, o Desafio Superação vai mobilizar mulheres cristãs de todo o Brasil em prol da saúde. Saiba mais!

Vovô Raul Gil recebe artistas gospel em live; Saiba mais

A live gospel do Vovô Raul Gil será no dia 21 de outubro e vai reunir personalidades e artistas evangélicos. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Rayssa Peres em “Somos mulheres de Deus”

Música é uma homenagem às mulheres. Conheça a canção!

Deive Leonardo de volta as pregações presenciais

Fenômeno da internet, Deive Leonardo grava a primeira série presencial em Itajaí (SC) depois de um bom tempo sem gravar por conta da pandemia.

Episódios do Nossa Música Brasileira; Assista aqui!

Nossa Música Brasileira acontece em formato on-line, com episódios até o final de 2020.. Confira aqui!

Os vencedores da Billboard Music Awards 2020

Kanye West levou nove prêmios, em seis categorias. A cantora Lauren Daigle, que ganhou em três categorias do prêmio em 2019, venceu esse ano como melhor artista cristã.