19.9 C
Vitória
quinta-feira, 9 dezembro 2021

Absalão, o Pai da paz

Mais Artigos

conh_133_art_hernandes_fotoNão há nada mais contraditório do que o significado do nome Absalão. Absalão é um nome próprio formado de duas palavras hebraicas: Ab (Pai) e Shalom (Paz).

Absalão, portanto, significa “pai da paz”. Mas esse filho de Davi com Maaca, embora tenha recebido um nome bonito, não viveu de forma coerente com seu nome. Absalão era um jovem bonito, rico, famoso e cortejado em todo o reino de Davi, seu pai. Sua biografia, porém, foi maculada por três atitudes que queremos aqui destacar:

1. A mágoa, a ausência de perdão – Amnon, meio-irmão de Absalão, nutriu uma paixão doentia por Tamar, irmã de Absalão. Orientado pelo perverso amigo Jonadabe, Amnon armou uma cilada para sua irmã, violentou-a e, sentindo repulsa por ela, escorraçou-a de sua casa.

O rei Davi não corrigiu Amnon nem consolou Tamar. Esta, agredida no corpo e na alma, correu para seu irmão Absalão, que tomou sobre si sua causa, com o propósito de vingar tamanha maldade. Em vez de confrontar seu irmão, corrigi-lo e perdoá-lo, Absalão encheu-se de mágoa e, dominado pelo ódio, mandou matar seu irmão.

O pai da paz transformou-se no progenitor do ódio, da guerra, da morte. Em vez de resolver o problema familiar, ele criou outros ainda mais graves. Ainda hoje, em muitas famílias, há feridas não curadas, há mágoas não perdoadas, há irmãos lutando contra irmãos.

2. A fuga, a ausência de diálogo – O mesmo Davi que não havia corrigido Amnon nem consolado Tamar enfrenta, agora, a dor de ver um filho morto e outro com a alcunha de assassino. A ira de Davi acende-se contra Absalão e ele precisa fugir para Gesur, o domicílio de seu avô materno.

Três anos se passaram e o silêncio gelado entre Absalão e Davi só agravou a situação. É um ledo engano pensar que o silêncio é sinônimo de perdão. É um terrível equívoco pensar que o tempo remove a mágoa. Depois de três anos, Davi permite a Absalão voltar para Jerusalém, mas declara que não quer ver a sua face.

O ambiente entre pai e filho fica tão pesado, que um dia Absalão mandou um recado para Davi nesses termos: “Eu prefiro que o senhor me mate, mas fale comigo”.

Davi recebeu Absalão no palácio, deu-lhe um beijo na face, mas não lhe dirigiu nenhuma palavra. A falta de diálogo entre pai e filho abriu feridas ainda mais profundas no coração de Absalão. Ainda hoje, em muitas famílias, a morte do diálogo tem produzido grandes tensões, profundas mágoas e grandes revoltas que desembocam em verdadeiras tragédias.

3. A conspiração, a ausência de lealdade – Absalão saiu do palácio do pai, disposto a armar uma conspiração contra ele. Durante quatro anos, furtou o coração do povo e preparou uma revolta armada contra seu pai. Ao todo, foram nove anos de pendências entre pai e filho.

Foram nove anos em que se fez vistas grossas a uma situação insustentável de mágoas e ressentimentos. Chegou a um ponto em que Absalão não queria mais diálogo com o pai, mas decidiu conspirar contra o pai.

Absalão não queria mais o perdão do pai, mas queria matar o pai. Absalão não queria mais reconciliação com o pai, mas decidiu tomar o trono do pai. Nessa inglória empreitada, Absalão é assassinado por Joabe, comandante do exército Davi.

O rei se desmancha em lágrimas num choro amargo, dizendo: “Absalão meu filho, meu filho Absalão”.

Davi declara seu acendrado amor pelo seu filho tarde demais, quando ele não podia mais ver suas lágrimas, ouvir sua voz nem sentir o calor do seu abraço.

O pai da paz perdeu sua vida numa decisão infeliz de conspiração contra seu próprio pai. Absalão negou seu nome e fechou as cortinas da vida de maneira triste e dolorosa. Sua história é um alerta para todos nós. Não podemos adiar a solução dos problemas de relacionamento dentro da nossa casa. O perdão, o diálogo e a lealdade devem reger nossos relacionamentos!

Reverendo Hernandes Dias Lopes
Pastor, líder da Primeira Igreja Presbiteriana de Vitória; doutor em Ministério; Presidente da Comissão Nacional de Evangelização da Igreja Presbiteriana do Brasil; conferencista e escritor

 

Matéria anterior Batalha Espiritual
Próxima MatériaCompromisso ou interesse
- Publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Entrevistas