Vencendo as tentações e preservando a alegria

O teólogo John Piper compartilha dicas para combater as “tentações demoníacas ao desânimo” e preservar a alegria em Deus ao longo do dia.

Segundo Piper, se Cristo não é nossa suprema satisfação, outra coisa será e, como resultado, seremos afastados da fé cristã.

“Nossa carne e o diabo estão ativos o dia todo para nos atrair para prazeres que são anti-Deus. Se não tivermos estratégias para despertar e cultivar e preservar e intensificar nossa alegria em Deus, seremos atraídos pela nossa carne e pelo diabo em prazeres alternativos, que são, como disse Paulo, idolatria (Colossenses 3: 5)”, explicou.

Mas matar os maus desejos não é suficiente. O teólogo afirmou que isso deixa a “alma vazia”. Ele diz que os cristãos precisam treinar suas mentes para lembrar as Escrituras ao longo do dia para combater a falta de alegria.

Uma maneira de fazer isso é através da memorização da Bíblia. “O valor da memorização é que minha mente pode pegar a frase que vem à minha mente e colocá-la no lugar com as frases antes e depois, para que eu possa dizer isso apropriadamente, pregar para mim mesmo pelo bem. da minha alegria “, afirmou.

Depois de ler uma passagem da Bíblia pela manhã, o pastor recomenda a escolha de vários versos para “pregar para si mesmo” durante o dia.

“Prepare um lembrete em seu telefone para tocar a cada hora ou zumbido em seu pulso para dizer-lhe para tirar a espada da leitura matinal, diga a si mesmo, pregue para si mesmo e diga a Jesus obrigado por isso e por aquilo. você realmente acredita nisso “, aconselhou. Diga ao demônio que você acredita, que isso é uma verdade comprada por sangue da Bíblia, e todos eles são comprados de sangue para os cristãos. Diga ao diabo que essa verdade é mais preciosa para você do que qualquer coisa que esse demônio oferta.”

Pipper garante que tal atitude pode ajudar a combater o pecado e encontrar a alegria duradoura. “Reconheça que uma vez que você leu muito da Bíblia, a maior parte é uma névoa, uma confusão em sua mente. Na verdade, não é nem mesmo em sua mente consciente. Você tem que dizer à sua mente – como um músculo, como você diga à sua mão para fazer alguma coisa – você diz à sua mente como um músculo para encontrá-la, pegá-la e colocá-la diante de sua consciência. “

E complementa: “Então você tem que dizer à sua mente para colocá-lo no contexto para que você entenda corretamente”, concluiu. “Então você tem que pregá-lo para si mesmo e contra o maligno. É assim que você empunha a espada do Espírito, e mata as tentações demoníacas para desencorajar, e alimenta o fogo da alegria em Jesus.”

*Com informações da Christian Post


Leia mais

A tentação é pecadora?

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!