Tatuagem: pecado ou não?

Foto Facebook

Segundo o pastor Bruno Barroso, da Oitava Igreja Presbiteriana de Belo Horizonte, tatuagem não é pecado, mas tem ressalvas.

Pastor Bruno é ex-tatuador. Ele concedeu entrevista para o programa Bate-Papo, da Rede Super de Televisão e falou abertamente sobre o tema. Disse que o debate sobre o assunto nas igrejas é infantilidade e que há questões mais importantes.

“Isso mostraria que estamos discutindo coisas estéticas, porque aquilo que é mais profundo traz uma demanda, uma mudança de verdade. Esse tema não edifica. É preciso conversar sobre questões mais profundas e esquecer lados estéticos”, falou.

Segundo o pastor, o uso de tatuagem não é pecado, mas fez ressalvas. “As pessoas precisam pensar bem quando escolhem o que tatuar, ter atenção e evitar simbologias de culto a mortos e dor, assim como as de cunho sexual”, disse.

Veja a entrevista

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!