Suzano presta homenagens às vítimas do tiroteio

Velório das vítimas do tiroteio. Foto: Miquéias Rodrigues

Dois atiradores abriram foto em colégio estadual em Suzano (SP) e cometeram suicídio em seguida. Oito vítimas morreram.

A cidade de Suzano, na Grande São Paulo, amanheceu hoje (14) mais triste. Moradores compareceram em grande número ao Ginásio Arena Suzano, para o velório das vítimas do atentado contra a Escola Estadual Raul Brasil, ocorrido na manhã de ontem.

Leia na íntegra: “O clima é de tensão e tristeza”, diz morador de Suzano

Moradores da cidade formam uma fila para homenagear os mortos no massacre. O espaço foi divido por grades, deixando um espaço reservado para as famílias. Muitos já ocupam as galerias do ginásio.

Estão sendo veladas no local os alunos Caio Oliveira, 15 anos, Claiton Antonio Ribeiro, 17 anos, Kaio Lucas Costa Limeira, 15 anos, e Samuel Melquiades, 16 anos, além da coordenadora pedagógica Marilena Ferreira Umezo, 59 anos, e da funcionária Eliana Regina de Oliveira Xavier, 38 anos. O estudante Douglas Murilo Celestino, por motivos religiosos, está sendo velado em uma igreja da Assembleia de Deus.

Os atiradores Luiz Henrique de Castro, 25 anos, e Guilherme Taucci Monteiro, 17 anos, estão sendo velados em outro local. Segundo as investigações, um jovem disparou contra o outro e depois se matou. Os dois eram vizinhos. Segundo a polícia, o mais novo dos atiradores teria deixado a escola no ano passado.

O morador Miquéias Rodrigues, é membro da Assembleia de Deus Ministério Suzano, e lidera o movimento jovem “Fora do Aquário”, ele disse à equipe de Comunhão que nunca viu a cidade desse jeito. Um dos adolescentes que morreram, era da sua igreja. “Está um climão. A cidade está toda em pânico e tristeza. Por onde você anda dá pra sentir o clima pesado. Eu estou aqui no ginásio, o velório é aberto ao público. Tem muito gente, parece a cidade toda está aqui”, explica.

“Eu nunca imaginei viver uma situação dessa, está muito difícil. Mesmo não tendo vínculo com as vítimas, o sentimento é de perda, a vontade é de chorar”, relata Miquéias.

Lista das vítimas

Atiradores

  • Guilherme Taucci Monteiro, 17 anos
  • Luiz Henrique de Castro, 25 anos

Estudantes

  • Caio Oliveira, 15 anos
  • Claiton Antonio Ribeiro, 17 anos
  • Douglas Murilo Celestino, 16 anos (socorrido ao hospital, foi a óbito)
  • Kaio Lucas da Costa Limeira, 15 anos
  • Samuel Melquiades Silva Oliveira, 16 anos

Funcionárias da escola

  • Marilena Ferreira Vieira Umezo, coordenadora pedagógica, 59 anos
  • Eliana Regina de Oliveira Xavier, agente de organização escolar, 38 anos

 

  • Comerciante Jorge Antonio de Moraes, dono de uma loja de carros e que foi morto antes do massacre na escola, 51 anos

*Da redação, com informações da Agência Brasil.


leia mais

Tiroteio – 9 baleados dentro de Igreja em Campinas (SP)

Compartilhe

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!