MEC anuncia congelamento de vagas de Medicina no Brasil

Anúncio proibição para novos cursos de Medicina / Foto: Agência Brasil

A medida vale para instituições públicas federais, estaduais e municipais e privadas. 

O Ministério da Educação anunciou nesta quinta-feira (5) o congelamento de vagas de Medicina no País. A abertura de novos cursos está suspensa. Cursos que já estão em andamento também estão proibidos de aumentar o número de vagas.

A medida vale tanto para escolas públicas quanto particulares. Mesmo instituições estaduais, que, pela regra atual, têm autonomia para criação de vagas, ficarão sujeitas às regras de suspensão.

O ministro da Educação, Mendonça Filho, afirmou que duas portarias serão publicadas nesta sexta-feira, 6, sobre o assunto. Numa delas, há regras específicas para vincular as instituições estaduais à proibição de abertura de vagas. Ele disse que a medida se justifica pela necessidade de fazer uma avaliação e adequação da formação médica no Brasil.

“Teremos moratória de cinco anos para que possamos reavaliar todo o quadro de formação médica no Brasil. Isso se faz necessário até porque as metas traçadas com relação à ampliação de médicos no Brasil já foram atingidas. Mais que dobramos o número total de faculdades de formação de medicina nos últimos anos, o que significa dizer que há uma presença de formação médica em todas as regiões do Brasil”, afirmou o ministro.

Com informações da Agência Brasil

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!