A primeira reunião de Bolsonaro com equipe de governo

Jair Bolsonaro e o advogado Gustavo Bebbiano. Foto: Vladimir Platonow/Agência Brasi

Presidente eleito discutiu transição com Onyx Lorenzoni, Paulo Guedes e Gustavo Bebianno

Rio de Janeiro – O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) deixou sua casa pela primeira vez, nesta terça-feira (30), depois da vitória nas urnas. Ele se reuniu pela primeira vez com a equipe de governo.

Entre os participantes estavam o ex-presidente do PSL, Gustavo Bebianno, o deputado Onyx Lorenzoni, confirmado como futuro ministro da Casa Civil e o economista Paulo Guedes, indicado a ministro da Fazenda a partir da próxima gestão. Segundo Bebianno destacou, Bolsonaro já tem cerca de 15 nomes de ministros definidos e espera engajamento do juiz Sergio Moro no governo.

Na reunião, Paulo Guedes defendeu a aprovação da reforma da Previdência como principal medida para equilibrar as contas públicas. Ele minimizou ainda as declarações de Onyx , que é resistente à ideia de fazer uma reforma da Previdência e chegou a afirmar a possibilidade de o futuro governo usar uma meta de taxa de câmbio.

“Ele está dizendo que Onyx, que é coordenador político, está falando de banda cambial. Ao mesmo tempo diz que o Onyx, que é coordenador político, diz que não tem pressa na Previdência. Aí o mercado cai. Estão assustados por quê? É um político falando de coisa de economia. É a mesma coisa que eu sair falando coisa de política. Não dá certo, né?”, afirmou.

O deputado Onyx Lorenzoni disse que a expectativa é iniciar a “transição de fato” para o novo governo na próxima semana.

*Com informações da Agência Brasil e O Globo


Leia mais

Bolsonaro deve chamar Sérgio Moro para Ministério da Justiça ou STF
Jair Bolsonaro (PSL) é o presidente eleito do Brasil
O novo governo do Brasil e a Igreja Evangélica

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!