Raio mata 16 cristãos durante culto na África

Pelo menos 16 pessoas morreram e mais de 140 ficaram feridas em Ruanda, na África. Foto: Ilustração

Tragédia com raio aconteceu após 714 templos serem fechados em Kigali, capital de Ruanda, por falta de segurança na construção, higiene e barulho.

O raio atingiu uma Igreja Adventista do Sétimo Dia em Nyaruguru, distrito no sul de Ruanda, na África, no último sábado (10). Pelo menos 16 pessoas morreram e centenas ficaram feridas.

Segundo a imprensa local, 14 vítimas morreram na hora, outras duas foram levadas a um hospital em estado grave, mas não resistiram aos ferimentos. Cerca de 140 cristãos foram levados ao hospital e aos centros de saúde da cidade, alguns ainda em risco de morte.

O incidente climático ocorreu na região montanhosa, perto da fronteira com o Burundi. Recentemente, 714 igrejas foram fechadas em Kigali, capital de Ruanda. Apenas 14 delas por falta de higiene adequada e excesso de barulho. As outras 700 por não cumprirem as normas de construção; muitas delas não tinham o para-raio exigido.


Leia mais

África – Mais de 700 igrejas fechadas em Ruanda

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!