Qual o salário de uma mãe?

Qual o salário que uma mulher deve receber para ser mãe 24 horas por dia?

A história de Moisés narrada na Bíblia é muito interessante. Para não perder o filho recém-nascido por causa da matança dos meninos ordenado pelo imperador, Joquebede, com a filha Miriã, planejam uma estratégia e salva aquele que seria o grande líder do povo de Israel. Diz o texto de Êxodo 2.9-10 “Então, lhe disse a filha de Faraó; Leve este menino e cria-mo; pagar-te-ei o teu salário. A mulher tomou o menino e o criou. Sendo o menino já grande, ela o trouxe à filha de Faraó, da qual passou ele a ser filho. Esta lhe chamou Moisés porque das águas o tirei.”

QUANTO CUSTA SER MÃE?

Primeiro, o preço da renúncia – As comodidades de solteira, as noites dormidas sem interrupções, a agenda livre para ir às festas e encontros com amigas já era.

Segundo, o preço da mão-de-obra – mamadeiras, fraldas, doenças, escolas, creches, horas mal dormidas se tornam o dia-a-dia da mulher-mãe.

Outro é o preço das preocupações – quando são pequenos dão muito trabalho e quando crescem nos dão preocupação. Ou seja, tarefas 24 horas por dia, sete dias na semana e sem interrupção.

Também pagamos o preço da disciplina – Muitos pais não disciplinam, ou melhor, não traçam limites para seus filhos e as crianças acabam dominando o ambiente.  “A criança que não foi disciplinada com amor por seu pequeno mundo, será disciplinada, em geral, sem amor pelo mundo mau.” (Zig Ziglair em Como Criar Filhos com Atitudes Positivas)

O preço do preparo para a vida. Já colocou na ponta do lápis quanto custa educar um filho até a Universidade? Mas é investimento. Quanto você investe nos filhos?  Não é só o dinheiro pagando as contas, mas o tempo e o incentivo dado pelos pais pesam muito nessa formação.

E o imprescindível preço de passar os valores morais e espirituais – são dias e dias repisando a mesma coisa. Deixar marcas de caráter, de hábitos, de valores espirituais custa tempo e energia. O exemplo dos pais é fundamental.

O preço do “levantar vôo” dos filhos – criamos filhos para se tornarem independentes e não para nós. É difícil aceitar isso. Mas a missão só é cumprida quando eles levantam vôo e assumem a vida com caráter e responsabilidade.

AFINAL, MÃE É PROFISSÃO? ENTÃO, QUAL O SEU SALÁRIO?

Qual o salário que uma mulher deve receber para ser mãe 24 horas por dia? Sugiro que o salário bruto é o bebê que chega totalmente indefeso. Os descontos em folha são os anos de juventude cuidando do crescimento dessa criança. Lembre-se que Deus não dá filhos para mulher idosa. Nessa fase são os netos que curtimos com alegria. Mas o líquido a receber é ter preparado alguém pronto para enfrentar a vida. Ou melhor, missão cumprida.

LIÇÕES QUE APRENDEMOS COM JOQUEBEDE

Joquebede foi a mãe que fez tudo para preservar a vida de seu filho. Não foi fácil colocá-lo no cesto. Mais ainda, largou o cesto – abriu mão do direito de ser mãe legítima para benefício do filho. Um desafio para todas as mães. Ela abriu mão do filho duas vezes: quando o colocou no cesto e quando devolveu para a princesa.

Joquebede não perdeu tempo lamentando que iria perder o filho novamente, mas ensinou tudo o que ele precisava aprender. Aproveitou seus primeiros anos de vida, tanto que Moisés recusou ser “chamado filho da filha de Faraó “ (Heb.11.24).

Joquebede teve uma coragem criativa diante da adversidade. O mundo enfrentado por ela era de morte e discriminação. Não se deu por vencida. Foi à luta buscando alternativas.

Criamos filhos num mundo iníquo, hostil e perigoso. Igual ao mundo em que estava Joquebede. Como os estamos preparando?

Tecemos uma arca, um cesto protetor em torno de nossos filhos. Chamamos de família e reforçamos nossos ensinamentos. Lar e igreja andam juntos nessa proteção.

Que tipo de mãe eu sou? A mãe sabe-tudo? Só ela sabe das coisas? A mãe vampira que suga dos filhos o que não conseguiu obter na vida? A mãe empresária que só vive cobrando dos filhos? A mãe exigente que aponta os defeitos, mas não consegue elogiar os filhos? A mãe ausente que terceiriza a educação dos filhos para escola, babá, igreja? A mãe superprotetora que sufoca os filhos e quando eles se vão fica lamentando e fazendo-se de vítima? Ou uma mãe saudável que sabe que os filhos não são nossos e chegam, convivem e se vão.

Um consolo. Não existe mãe perfeita. Mas, também, não existem filhos perfeitos. Ainda bem. Empatamos.

Joquebede deixou marcas na vida de Moisés que mesmo vivendo no palácio e com todas as mordomias, ele não abriu mão dos valores morais e espirituais aprendidos na primeira infância.

Que marcas estamos deixando em nossos filhos? Que Deus nos dê sabedoria para sermos mães no mundo em que vivemos. Mas, para criarmos filhos de bem com a vida é preciso que nós estejamos de bem com a vida também.  Antes de esperarmos presentes de nossos filhos, vamos nos presentear nos dando o direito de sermos mulheres inteiras, saudáveis emocional e espiritualmente para que possamos ouvir as palavras de Salomão no famoso versículo de Provérbios 31.28 “Os seus filhos a respeitam e falam bem dela e o seu marido a elogia…”


Nancy Gonçalves Dusilek Membro Titular da Academia Evangélica de Letras do Brasil, Cadeira 08.

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!