China – Governo proibe venda de bíblias

Foto: Reprodução Web

Pelas redes sociais, cristãos relatam que não estão conseguindo comprar bíblias pela internet.

Depois de anunciar oficialmente seu apoio à liberdade religiosa, a China impediu que a Bíblia Sagrada fosse vendida nas livrarias online e nas grandes lojas de livros do país.

A remoção da Bíblia nas livrarias acontece em meio a tensões entre China e Roma. O motivo é por causa de um acordo que daria ao Vaticano mais controle sobre a nomeação de bispos chineses.

As principais plataformas de e-commerce chinesas como Alibaba’s Taobao, JD.com e Amazon não vendem mais Bíblias. O mesmo acontece nas maiores livrarias de Pequim, de acordo com funcionários.

Os cristãos estão usando as redes sociais para relatar que não estão conseguindo comprar Bíblias pela internet. Uma das maiores livrarias do país, a Xinhua, não tem Bíblias disponíveis para venda.

Segundo o jornal chinês Global Times, os reguladores do governo conversaram com a JD.com sobre a venda de produtos ilegais, publicações e outros materiais impressos online. A empresa “não conseguiu regulamentar os produtos e causou um impacto social negativo”, disseram os reguladores.

Com informações do The Telegraph

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!