Pastor canadense é preso em Londres

David Lynn evangelizava nas ruas de Londres, na Inglaterra. Foi abordado pela polícia e preso. 

O pastor David Lynn, estava em Londres para uma viagem missionária. Ele pregava o evangelho nas ruas da cidade. E convidava pessoas para abandonar o pecado. Uma mulher o acusou de “homofobia”. David foi abordado pela polícia, preso e levado para a delegacia.

A mulher que fez a acusação disse para a polícia que ouviu o homem dizer que a homossexualidade é pecado. O pastor explicou que ele apenas mencionou o que a Bíblia diz. Enfatizou que todas as pessoas que vivem em pecado devem se arrepender. E negou que havia ofendido a mulher.

A prisão do pastor foi registrada por cristãos da igreja local que convidaram Lynn para ministrar o Evangelho. A organização Christian Legal Centre (CLC), que defende a liberdade religiosa dos cristãos no Reino Unido, pediu a libertação imediata de Lynn. A entidade alegou que a acusação de homofobia contra o pastor “era insustentável”. A polícia pediu desculpas. E admitiu que estavam errados em executar a prisão.

Veja o vídeo (em inglês) da prisão de David Lynn

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!