Por que ler livros?

Foto Gabriel Chiarastelli

10 razões para criar o hábito da leitura.

Leituras rápidas de notícias, posts e comentários no celular satisfazem nossa curiosidade e dão a sensação de estarmos atualizados. Mas o tempo gasto no celular pode prejudicar o hábito de leitura de livros e comprometer a qualidade da nossa formação. Quem não lê livros limita o seu potencial. Como disse George R. R. Martin, “Um leitor vive mil vidas antes de morrer […]. O homem que nunca lê vive apenas uma”.

Nunca na história do mundo houve tanta oportunidade de acesso à literatura, tantas maneiras de descobrir livros e tantas plataformas de leitura. A prática da leitura sustentada — de longa duração — é capaz de mudar a nossa vida.

Aqui estão dez razões para não deixar de ler livros:

1. O diálogo virtual entre autor e leitor desenvolve o pensamento crítico e a capacidade de raciocinar. Observar a prática da lógica exposta por um bom escritor ao longo de centenas de páginas ativa a inteligência.

2. Ler um bom livro exige concentração e foco: habilidades úteis para o estudo criterioso e a eficácia no trabalho.

3. O mergulho de longa duração num outro mundo enriquece sua experiência de vida, amplia o horizonte de conhecimento e lapida a capacidade de sentir empatia.

4. Aprender sobre ciências, tendências, história e vidas alternativas (como, por exemplo, nas biografias ou nos romances) transformam você numa pessoa mais interessante e integrada à cultura geral.

5. Ler um bom romance dá prazer e pode nos afastar das nossas circunstâncias imediatas, criar um escape saudável de nossos problemas cotidianos, reduzindo o estresse e revelando que há alternativas para as maneiras como vivemos e reagimos na vida rotineira.

6. O hábito da leitura de bons livros aprofunda os parâmetros da sua compreensão, enriquece o contexto da sua compaixão e desperta a sua capacidade de enxergar os espaços cinzentos entre os brancos e pretos da polarização que tanto empobrece nosso convívio em sociedade.

7. Livros podem complementar as lacunas que sempre existem na sua educação formal, e podem proporcionar uma base mais sólida sobre a qual opinar e decidir sobre as questões mais variadas da vida.

8. Os bons livros podem nos ligar à linearidade da história, para que de fato aprendamos com os erros do passado e tomemos coragem para aplicarmos as lições daqueles que vieram antes de nós.

9. Um bom livro pode nos alertar para as dimensões das novas tendências, dos novos campos de aplicação do conhecimento e das novas maneiras de pensar o futuro de forma lógica e sustentada.

10. Um livro pode ajudar o leitor a se conhecer melhor, à medida em que descobre novas áreas de interesse, se enxerga em personagens que anseiam, sofrem e buscam soluções, e ouve instruções e conselhos de escritores especializados.

Quem não lê ocupa um espaço minúsculo e entediante. Quem interage com o mundo pelo celular ocupa um espaço abrangente, mas raso. Quem lê livros ocupa um universo extenso e profundo, mais próximo daquele que Deus criou.


Mark Carpenter é presidente da Editora Mundo Cristão

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!