Maioria dos brasileiros busca uma alimentação saudável

Foto ilustrativa

É o que diz uma pesquisa divulgada pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). 

Segundo a pesquisa, Oito em cada dez brasileiros afirmam que se esforçam para ter uma alimentação saudável. E 71% diz que preferem produtos mais saudáveis, mesmo que tenham que pagar caro por eles.

Apesar disso, há controvérsias. A percepção de “ter comido demais” aumentou nos últimos sete anos. Passou de 52% em 2010 para 56% no ano passado. O índice de brasileiros que consideram a comida saudável muito sem gosto também é significativo, de 54% em 2010 e 52% em 2017.

A pesquisa ouviu 3 mil pessoas com mais de 16 anos em 12 regiões metropolitanas brasileiras, entre setembro e outubro do ano passado. O levantamento também compara os resultados atuais com o último estudo, feito em 2010. A pesquisa também revelou a mudança na fonte usada como busca de informações sobre alimentação e saúde.

Informação

A pesquisa apontou que no ano passado, a internet se tornou a principal fonte de informações, com 40% da participação. A televisão caiu para 24% e médicos e nutricionistas responderam por 18%.

“A influência das informações obtidas na internet e redes sociais é uma tendência clara. Em ambiente de mensagens, as receitas só perdem para correntes religiosas”, disse Renato Meirelles, presidente do Instituto Locomotiva, voltado para pesquisa e estratégica.

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!