Bebidas alcoólicas

Perguntado por anônimo

Aqueles que citam o diálogo de Paulo com Timóteo, narrado em 1 Timóteo 5:23, para defender o uso de bebida alcoólica estão forçando uma interpretação que não condiz com a verdade. Se entendido todo o contexto, não há nessa passagem base alguma para os crentes se comprometerem bebendo socialmente vinho ou outras bebidas alcoólicas.

Primeiro, precisamos compreender qual o objetivo desse conselho. Paulo recomenda o vinho com “fins medicinais”. O objetivo não eram a sociabilidade ou a festividade, mas medicinal. Segundo, é preciso dar ênfase quando Paulo diz “um pouco” de vinho. Se o objetivo era medicinal, a dosagem era pequena, e não uma escusa para usufruir de qualquer quantidade. Terceiro, a Bíblia fala com frequência do mal que há em se beber vinho (Is 5:11; Am 6:6; Mq 2:11). Todos são advertidos de que muito álcool levará à desgraça e ao juízo (Am 6:6-7).

Assim, podemos concluir que, com a medicina avançada em nossos dias, temos outras opções mais eficazes contra qualquer problema estomacal do que o vinho. Lembrando sempre o que o próprio Paulo diz: “E não vos embriagueis com vinho, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito” (Ef 5:18).