Pastor Luís Gonçalves: quase duas décadas de evangelismo

Foto: Arquivo Comunhão

Um dos grandes nomes da Igreja Adventista do Sétimo Dia, pastor Luís Gonçalves é conhecido pela abordagem a assuntos ligados a “verdade profética”.

Há 18 anos, o paulista Luís Gonçalves da Silva se tornava pastor da Igreja Adventista do Sétimo Dia (IASD). Atualmente, ele mora em Brasília com a esposa e filhas, onde ocupa o cargo de coordenador de Evangelismo da IASD para oito países da América do Sul – Brasil, Equador, Peru, Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai.

Pastor, evangelista, escritor e apresentador de TV e rádio, Luís Gonçalves é autor da apostila “Tudo que você sempre quis saber sobre o Apocalipse” e das séries de estudos proféticos em VHS e DVD “Apocalipse, a resposta”, “O Grande Conflito”, “Os Dez Mandamentos”, “Última Esperança” e “A Verdade”. Sua página no Facebook reúne mais de 380 mil seguidores e milhões de visualizações em seus vídeos.

No início de julho, o pastor esteve no Espírito Santo para participar da Caravana Novo Tempo.  Ele recebeu a equipe da Comunhão, em Vitória (ES) e falou de vários assuntos. Confira!

O que é a Caravana Novo Tempo e qual o objetivo desse evento?

A caravana é realizada por todo o País, levando mensagens de esperança baseadas na Bíblia. O objetivo é dar aos participantes um direcionamento sobre como viver melhor e ser abençoado por Deus. Apesar de ser organizada pelos adventistas, a Caravana Novo Tempo é aberta a todas as religiões, crenças, classes sociais e faixas etárias. A entrada é gratuita e o evento tem foco 100% missionário.

Em seus vídeos e mensagens, um dos temas mais abordados é a “verdade profética”. O que essa expressão significa e que diferença pode fazer na vida das pessoas?

Estamos vivendo em um tempo onde tudo é relativo. E essa visão do relativismo tem o seu valor, mas tem o seu lugar. Quando você tira isso do contexto original, acaba criando um problema, pois quando as pessoas relativizam a Bíblia e Deus, acabam relativizando a verdade. A verdade deixa de ser absoluta. E é justamente isso que o inimigo quer. Com uma estratégia acadêmica, universitária e de cultura mais pós-moderna, as pessoas acabam atingindo de maneira forte aquilo que é verdade. Nas minhas mensagens busco mostrar que quando se trata de Deus e da Bíblia, não podemos relativizar. Há uma verdade absoluta na Bíblia e é justamente essa verdade que tentamos ensinar as pessoas. Exemplifico com a passagem de João 8:32, onde fala que a pessoa que conhece essa verdade absoluta é livre. Nesse ponto, entra o conceito de liberdade, que é o que todo mundo busca. As pessoas que fumam, que bebem, que estudam, que jogam futebol… todas as pessoas buscam a mesma coisa: ser livre e ser feliz. Todas buscam a mesma coisa, por caminhos estranhos. Quando a gente fala de uma verdade bíblica absoluta é essa verdade que liberta a pessoa, que enche o coração de paz, esperança, de bem-estar com a família e prepara para a volta de Jesus.

A palavra ESPERANÇA é fortemente mencionada em suas pregações e em materiais da IASD. Para você, qual é o real sentido dessa palavra e sua posição no contexto atual do mundo?

A palavra “esperança” é muito forte e profunda. Se você olhar para um cenário geral vai perceber que as pessoas estão perdendo a esperança nos homens, no sistema. Quando se trata, por exemplo, de política, nós vivemos tanta corrupção e tanto problema que as pessoas ficam calejadas e chegam à conclusão de que o país não tem mais jeito ou esse mundo solução. Do ponto de vista humano, isso é real, mas é aí que entra a esperança. Para nós, a esperança não é uma palavra, conceito, filosofia, ideologia ou uma tese. Para nós, esperança é uma pessoa e isso muda tudo. Essa pessoa é Jesus! Ele é a esperança. No livro de Lucas, capítulo 7, encontramos a história de uma família da cidade de Naim. A mulher perdeu o marido e, logo depois o único filho. Sem homens na família, sob o contexto da época, era desvalorizada. Jesus esteve no enterro de seu filho, se deparando com o morto, uma multidão e a mãe em prantos. A primeira coisa que Ele fez foi enxugar as lágrimas e curar a depressão da mulher, dar esperança ao seu coração. Depois disso, ressuscitou seu filho. Essa história é um exemplo claro do que chamamos de “impacto esperança”. Muitos perguntam porque a igreja adventista fala tanto em esperança, até quando vão falar de esperança? Até que Jesus volte! Aí vai deixar de ser esperança e vai ser uma realidade.

Falando na volta de Jesus, há alguma relação entre os acontecimentos atuais (catástrofes, atrocidades contra crianças, violência, etc.) e as profecias relatadas na Bíblia?

Em Mateus 24 existe um texto que fala que o amor se esfriaria e isso encaixa em casos que vemos hoje em dia.  O verso 12 diz “e por se multiplicar a iniquidade, o amor se esfriará de quase todos”. As pessoas hoje são muito “descartáveis”, como é o exemplo da relação entre homem e mulher. Você não precisa assumir compromisso com ninguém, pode ficar uma noite ou algumas horas, ter o prazer momentâneo e pronto. Esse é um quadro profético. Tudo isso anuncia que este mundo está chegando ao fim e que Cristo em breve voltará. Também aponta que os homens, por mais bem-intencionados que sejam, por mais honestos que sejam, por mais cristão que sejam, não consegue reverter esse quadro. Infelizmente, este mundo vai de mal a pior e só há uma pessoa que pode resolver o problema: Jesus.

Atualmente, você apresenta um programa na TV Novo Tempo, o Arena do Futuro e o Decifrando El Futuro (versão em espanhol). Qual é a proposta deste programa?

A palavra “arena” surge da ideia de local de lutas ou de um ringue, para mostrar que há um grande conflito entre o bem e o mal. E o Arena do Futuro é um programa que mostra que nesse conflito nós podemos ser vencedores, porque Jesus já venceu. Apresentamos mensagens que mostram ao telespectador que não importa o que ele esteja passando, é possível vencer. Nós já somos mais que vencedores, mas precisamos nos posicionar. E esse posicionamento depende da decisão que tomamos. E é aí que entram os temas do programa, que são proféticos, basicamente. Eles são mensagens amplas sobre graça, perdão, salvação, misericórdia, saúde emocional, física e espiritual.


Leia mais

Caravana evangelística no ES terá Luís Gonçalves

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!