Pastor convoca cristãos a orarem por irmãos no Egito

O pastor e evangelista Franklin Graham fez um apelo urgente aos cristãos para se juntarem a ele em oração pelos irmãos no Egito, perseguidos pelo Estado Islâmico, sob ameaça de morte.

Os cristãos coptas, um dos ramos mais antigos do cristianismo, estão sob ataque. O Estado Islâmico publicou recentemente um vídeo ameaçando eliminá-los completamente. “Os cristãos estão sendo mortos por causa de sua fé em todo o mundo, e isso está acontecendo também no Egito”, contextualizou o pastor.

“O Estado islâmico invadiu a casa de um encanador e o matou a tiros na frente de sua esposa e filhos, na quinta-feira”, exemplificou. Além desse caso, houve o assassinato de pai e filho pelos extremistas, assim como, dias atrás, um professor foi morto a tiros por homens armados mascarados.

A ameaça do Estado Islâmico foi feita com o aviso de que os ataques seriam intensificados contra a minoria cristã no país, que soma aproximadamente 10% da população. Nos últimos dias, centenas de cristãos têm fugido da região do Monte Sinai, para evitar o confronto.

“O Estado Islâmico quer exterminá-los, eliminá-los, porque eles trazem o nome de Cristo”, continuou Graham. De acordo com informações do Charisma News, a Associação Evangelística Billy Graham realizará a Cúpula Mundial em Defesa dos Perseguidos neste mês de maio para orar pelos membros do corpo de Cristo que estão sofrendo nas mãos de extremistas.

À medida que o evento se aproxima, o pastor Graham quer incentivar os fiéis a intercederem, e pediu que “oremos pela igreja no Egito e em todo o mundo muçulmano, enquanto eles estão sendo massacrados sem misericórdia em muitos lugares, e compartilhemos isso com outros que oram!”.