Outubro Rosa e o envolvimento da Igreja

Câncer de mama é o segundo tipo mais incidente entre as mulheres.

Em Maringá (PR), alunos do Colégio Adventista participam do projeto “Força na Peruca”. Mais de 150 doações de cabelos para confecção de perucas foram destinadas ao Hospital do Câncer.

Neste mês, a campanha Outubro Rosa intensifica os alertas de prevenção ao câncer de mama. O laço rosa é o símbolo dessa luta. O câncer é uma doença que tem a capacidade de mudar a rotina, e receber o diagnóstico nunca é tão fácil. E a Igreja tem o dever de se envolver na causa.

“A igreja não pode ficar omissa quanto ao relacionamento com a comunidade. A campanha é um projeto social, de excelente alcance no campo da prevenção. Cabe a nós, enquanto cristãos, apoiar toda iniciativa que vise o bem comum, e que possa exalar o bom perfume do amor”, declarou o pastor Adilson Neves, da Igreja Shekinah, de Brusque (SC)

O tratamento do câncer é difícil e exige muita força de quem luta contra essa enfermidade. Muitas superaram as dores, os desconfortos da quimioterapia. E com muito amor pela vida  superam a enfermidade louvando a Deus.

Segundo a Medicina, a fé, aliada ao tratamento, promove uma melhora significativa nas pacientes, que com esperança futura conseguem superar a enfermidade. As pessoas que buscam a espiritualidade cristã adquirem a resiliência básica através da nutrição da fé e da devoção, e a esperança da eternidade promove alegria interior e segurança.

“Participar ativamente do projeto, promovendo a atenção da membresia, realizando ações, orientando quanto ao significado da prevenção para a saúde da mulher”, disse o pastor.

Força na Peruca

Em Maringa (PR), alunos do Colégio Adventista participam do projeto “Força na Peruca”. Apenas no primeiro dia de outubro, foram 153 doações de cabelo. Os alunos se envolvem de todas as maneiras na campanha. Eles cortam o cabelo e os fios são encaminhados para um hospital da cidade.

Até a família se envolve no projeto. Os meninos, por exemplo, levaram as madeixas das mães. Alguns pediram doações em salões de beleza. A campanha ainda arrecadou lenços para as mulheres.

Data

A campanha Outubro Rosa nasceu nos Estados Unidos nos anos 90 com o objetivo de incentivar o diálogo sobre o Câncer de Mama. A doença atinge milhares de mulheres e mais de 55 mil foram diagnosticadas em 2016 apenas no Brasil, mas a doença pode ser enfrentada quando a informação chega até as pacientes. Um em cada três casos de câncer pode ser curado quando diagnosticado no início, por isso a campanha traz informações, entre outros meios de prevenção, sobre a importância do autoexame em mulheres.


Leia mais

Setembro Amarelo acende o alerta contra o suicídio
Ações de prevenção ao suicídio no Setembro Amarelo

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!