Onyx Lorenzoni é nomeado ministro extraordinário

Foto: Reprodução

O ministro será responsável pela equipe de transição do governo Temer/Bolsonaro

O deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS) foi nomeado a ministro extraordinário por meio de um decreto publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira (05).

Confirmado para assumir a Casa Civil, Lorenzoni exercerá a função de coordenador da equipe de transição, por parte do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). A transição será realizada no Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB), próximo ao Palácio do Planalto e à Esplanada dos Ministérios.

De acordo com a equipe de servidores de Bolsonaro, a intenção é que o trabalho seja feito em três etapas: a primeira será a análise da situação, em seguida avaliação sobre como reduzir gastos e pessoal e a última, definição de metas e dados.

MINISTROS

Além de Lorenzoni, até o momento, estão confirmados para os ministérios dos governo do presidente eleito os nomes do juiz Sergio Moro para a Justiça, do general da reserva Augusto Heleno para a Defesa, do economista Paulo Guedes para o superministério da Economia e do astronauta Marcos Pontes para a Ciência e Tecnologia.

*Da redação com informações da Agência Brasil.


leia mais

A primeira reunião de Bolsonaro com equipe de governo
Bolsonaro anuncia junção de ministérios e confirma Marcos Pontes
“Aceitei o honrado convite”, declara Sergio Moro

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!