Novo sistema de gestão escolar integrará escolas e famílias

Uma nova ferramenta gerencial, para a rede pública estadual, está sendo implantada para garantir mais eficiência, qualidade e integração entre as escolas e as famílias.

O novo Sistema Estadual de Gestão Escolar (Seges) foi lançado nesta quinta-feira (19), durante o 13º Encontro de Diretores de Escolas Públicas Estaduais e Superintendentes Regionais de Educação.

O novo sistema disponibilizará dados e informações detalhadas sobre o cotidiano escolar, permitindo que diretores, professores e familiares acompanhem, juntos, as atividades da escola e dos estudantes.

“O Sistema de Gestão é uma ferramenta importantíssima que nos passa, em tempo real, o que está se passando na rede. É a grande base de dados da Educação, para que as Superintendências, a Secretaria de Estado da Educação (Sedu) Central e as escolas sejam eficazes na correção do rumo, observar as coisas boas e fortalecer o acompanhamento”, destacou o secretário de Estado da Educação, Haroldo Rocha.

Além da utilização do sistema nas 500 escolas estaduais e nas 11 Superintendências Regionais de Educação, as famílias também poderão acompanhar as atividades escolares dos estudantes. Uma das novidades do sistema é a implantação de um módulo de monitoramento de resultados. Neste módulo serão disponibilizadas informações por escola, com dados como Programa de Avaliação da Educação Básica do Espírito Santo (Paebes), Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), Rendimento, Distorção de Idade e Série, entre outros.

Além disso, o sistema disponibilizará um calendário onde o diretor e/ou pedagogo poderá inserir as atividades realizadas pela escola, como datas de feiras, apresentações culturais e datas comemorativas. Com o calendário, a escola poderá se planejar e organizar as atividades escolares.

Para as famílias, já no segundo semestre, o sistema continuará disponibilizando o Boletim Online, mas além das notas, os pais ou responsáveis poderão acessar, também, a ficha individual do estudante e conferir a sua frequência bimestral. Todo o acesso será feito por meio do CPF do responsável pelo aluno.

“Todos os dados das escolas estarão disponíveis neste novo sistema e tudo será alimentado e pesquisado de forma muito simples. Este novo sistema, permite que os pais, por exemplo, possam acessar e verificar várias informações, como o boletim e o calendário escolar, a ficha individual de seu filho, informações de indicadores da escola, tudo sem sair de casa. Já os professores, entre outras funções, poderão incluir a frequência e as notas pelo sistema ou pelo aplicativo de celular, basta estar em uma área com internet. São informações que vão agregar e fazer com que as escolas possam ter uma tomada de decisão mais rápida. O sistema foi feito para toda a comunidade escolar”, explicou Haroldo.