O novo governo do Brasil e a Igreja Evangélica

Bolsonaro recebe oração de Magno Malta logo após o anúncio da vitória nas urnas. Foto: Reprodução

Novo Presidente da república brasileira, Jair Bolsonaro afirmou que está em uma “missão de Deus”. Pastores comentam o resultado das eleições.

Um dia após a consagração da vitória de Jair Bolsonaro (PSL) como novo presidente do Brasil, vários líderes mundiais se pronunciaram. Um deles foi o presidente Donald Trump. Ele usou sua conta no Twitter para parabenizar o presidente eleito.

“Nós concordamos que o Brasil e os Estados Unidos vão trabalhar de maneira próxima nas áreas de comércio, militar e em todas as outras! Conversa excelente, lhe dou meus parabéns. Vamos ser grandes parceiros. Boa sorte”, disse Trump.

Vários outros países enviaram mensagem de congratulação ao novo presidente. Em nota, o porta-voz do governo da Alemanha, Steffen Seibert também se pronunciou. “O Brasil é o maior país da América Latina e um parceiro de grande relevância para a Alemanha”.

Igrejas Evangélicas

A vitória de Bolsonaro nas urnas neste domingo (28) foi anunciada oficialmente pelo Supremo Tribunal Eleitoral (STE). A notícia foi amplamente divulgada pela mídia até mesmo nas Igrejas Evangélicas. Na Assembleia de Deus Vitória em Cristo, sede no Rio de Janeiro, a notícia foi dada pelo pastor Silas Malafaia durante o culto.

Agradecimento, fé e missão foram uma das palavras de Bolsonaro durante o seu discurso, após saber de sua vitória nas urnas. Ele acredita estar “cumprindo uma missão de Deus”.

“O que eu mais quero é, seguindo os ensinamentos de Deus, ao lado da Constituição brasileira, inspirando-se em grandes líderes mundiais, e com uma boa assessoria técnica e profissional, isenta de indicações políticas de praxe, começar a fazer um governo a partir do ano que vem que possa colocar o Brasil em um lugar de destaque. Temos tudo para ser uma grande nação. Meu governo será formado com o propósito de transformar esta nação”, disse o presidente eleito.

Bolsonaro estava acompanhado da esposa Michele Bolsonaro e dirigentes do partido. Ele recebeu também uma oração do senador Magno Malta, a qual enfatizou que o novo presidente vai “lutar pelas famílias e pelas crianças do Brasil”.

Pronunciamento de Pastores

Pastores também se pronunciaram. E vêem o resultado dessas eleições com otimismo e esperança. “Vi com otimismo o resultado dessa eleição, uma vez que a maioria da população rejeitou as políticas do partido que estava poder há praticamente dezesseis anos. Esperamos um firme combate à corrupção, uma gestão eficiente, para que o Brasil cresça, o desemprego seja debelado e os investimentos na saúde, educação e tecnologia sejam incrementados”, declarou o rev Hernandes Dias Lopes, da Igreja Presbiteriana do Brasil à Comunhão.

“Creio que o candidato eleito confessa João 8:32, se a palavra de Deus entrou no coração do Presidente Eleito, o próprio Deus o ajudará em todas decisões !!! É motivo de muito otimismo saber que um governante confia no Senhor, assim como o Rei Josias confiou e foi o melhor Rei de Israel. Porém, a mesma população que apoia é a mesma que vai vigiar e divulgar a prestação de contas”, pontuou o pastor Paulo Lima, da Igreja Comunidade Família Debaixo da Graça, no Rio de Janeiro.

Conselhos

Ao longo da campanha, Jair Bolsonaro usou como slougan “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”. E foi aconselhado por vários líderes evangélicos do país para que faça um governo para todos.

Em carta divulgada nesta segunda (29), o pastor e membro do Conselho fundador do Coalizão pelo Evangelho no Brasil, Mauro Meister, pediu ao presidente eleito veracidade em seu mandato. “O senhor foi eleito e, acredito, a mão de Deus o levou até onde estará a partir de 1º de janeiro de 2019”, disse.

Confira aqui a carta na íntegra

Veja o discurso de Bolsonaro


Leia mais

Imprensa internacional repercute o resultado das eleições
Jair Bolsonaro (PSL) é o presidente eleito do Brasil

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!