Missão sobre duas rodas. O Ide de moto

evangelho sobree duas rodas
A Bíblia colocada no alforje da moto indica o “ide” de Jesus sendo cumprido pelos motociclistas

Muito além do prazer de andar em suas máquinas, integrantes dos ministérios de motociclistas querem mesmo é falar do amor de Cristo

 

 

Missão sobre duas rodas. A ideia de unir um hobby a uma ordenança de Jesus soa para muitas pessoas como algo difícil. Há quem se apoie na ideia de que passará por muitas aflições quando se trata de fazer missões ou de assumir algum ministério na igreja. Mas não é assim que deve ser. Servir a Deus é um privilégio, e poder falar de Seu amor e pregar a mensagem de salvação é uma bênção para qualquer cristão.

Pr_Wesley
“Em alguns eventos de grande porte, somos chamados a orar e até conseguimos espaço para pregar a Palavra de forma rápida e direta” – Wesley Said, pastor e fundador do Moto Grupo Road Angels

O Ministério dos Motociclistas é um exemplo disso. Podemos explicar suas ações como missão sobre duas rodas, visto que são moto clubes diferenciados, por reunirem pessoas apaixonadas por motos, que amam a Jesus e têm como principal objetivo a divulgação do Evangelho.

E esse público vem aumentando em larga escola. De acordo com a Confederação Nacional dos Transportes (CNT), no Brasil, a frota de motocicletas aumentou quatro vezes em 15 anos, saltando de 4 milhões em 2001 para 20,2 milhões em 2015.

Além da praticidade e economia com relação ao combustível e manutenção, o motociclismo se tornou um estilo de vida para muitas pessoas.

Missão sobre duas rodas

Membro da Igreja Adventista do Sétimo Dia em Maringá, no Paraná, Ivonil Machado é presidente nacional do Adventist Motorcycle Ministry (AMM), ministério internacional presente em 19 estados brasileiros. Ele conta que o AMM foi fundado em 2008 na Flórida, Estados Unidos, por um membro leigo chamado Miguel Dominguez e quatro pastores: Orlando Lopez, Rolando Rios, Juan Garcia, Idalberto Torres e Rolando de Los Rios. Em 2013, Leomar Gehrke, por meio de contato nos Estados Unidos, iniciou o grupo no Brasil com o apoio de mais quatro amigos. “A ideia era ter um grupo de pessoas que gostasse de motos e tivesse o interesse em evangelizar motociclistas”, ressalta Ivonil.

motociclista
Os “motocultos” têm atraído cada vez mais pessoas, mesmo aquelas ainda não convertidas

Quando questionado sobre unir a paixão pelo motociclismo com o evangelismo, ele aponta o exemplo do apóstolo Paulo, que era um verdadeiro “camaleão”, por se adaptar à situação e às circunstâncias. Ivonil cita 2 Coríntios 2:22: “Fiz-me como fraco para os fracos, para ganhar os fracos. Fiz-me tudo para todos, para por todos os meios chegar a salvar alguns”. Lembra que o próprio Mestre Jesus usava parábolas para se comunicar e falar a linguagem das pessoas e transformou pescadores de peixes em pescadores de almas. “Nós temos moto, vestimos coletes e usamos isso como uma forma de aproximação com aqueles que de outra forma não seriam atingidos”, reforça ele.

O Pr. Wesley Said, membro da Igreja Batista Missão Vida e fundador do Moto Grupo Road Angels, que iniciou suas atividades em 20 de janeiro deste ano e já tem sede em Fortaleza (CE), estabelece um comparativo com a atividade desenvolvida por Dorcas (At 9:36-43), considerando que, se olharmos a costura como um hobby e não como uma profissão, poderemos dizer que esse trabalho foi uma forma de levar o Evangelho às viúvas e aos mais necessitados. No Antigo Testamento, Davi compunha Salmos e poesias para falar de Deus.

O trabalho desenvolvido pelo Road Angels tem cunho evangelístico, e o Pr. Said explica que a principal linha de atuação se dá em points (local de reuniões) e eventos motociclísticos. Nesses encontros, testemunha-se do amor de Jesus, por meio de relatos de experiências. “Em alguns eventos de grande porte, somos chamados a fazer orações e até conseguimos espaço para pregar a Palavra de forma rápida e direta. Realizamos viagens em grupo e por onde passamos não perdemos a oportunidade de pedir para orar por policiais rodoviários, frentistas de postos de gasolina, funcionários de lanchonetes e restaurantes, pontos de encontro de caminhoneiros”, afirma o Pr. Said.

Missão sobre duas rodas, Bíblia do Motociclista

Segundo ele, os “motocultos”, como são chamados os cultos realizados pelos Ministérios de Motociclistas, têm apresentado um resultado muito positivo no que diz respeito à participação de pessoas ainda não convertidas. Rogério de Oliveira, membro-fundador do Road Angels, congrega na ADNV- Assembleia de Deus Nova Vida – Coqueiral de Itaparica, em Vila Velha (ES). O grupo se encontra pelo menos duas vezes por semana e, além de evangelizar, promove ações sociais e intercâmbio com outros motociclistas. “As ações se dão por doação semanal de sopa em hospitais (mais novo projeto) e arrecadação de alimentos, roupas e de materiais escolares e até mesmo de construção civil, para o ‘Projeto Mãe e Creche’ na Cidade de Deus, Terra Vermelha, Vila Velha, que ajudamos desde o ano passado.”

IRMANDADE

Pr. Wesley destaca que existe no meio motociclístico um código de ética que, apesar de não estar escrito em lugar algum, é respeitado ao extremo: um motociclista nunca deixa o outro na estrada; sempre respeita o brasão dos outros moto clubes; visitas são sempre retribuídas; e o nível de respeito entre os irmãos motociclistas é algo de se admirar.
“Posso estar em outra cidade, outro estado, mas se precisar de alguma coisa sempre serei atendido. Se não tiver dinheiro para me alimentar, serei alimentado; se não tiver dinheiro para me hospedar em algum hotel ou pousada, outro motociclista me levará para dormir em sua casa. Enfim, o motociclista vive como os cristãos deveriam viver no que diz respeito à palavra irmandade”, garante o pastor.

Em João 8:12, Jesus fala: “Eu sou a luz do mundo”. Mas Ele subiu ao céu e, em Mateus 5:14, passa a responsabilidade para nós ao dizer: “Vós sois a luz do mundo”. “Portanto, temos o dever de iluminar o mundo que está em trevas pelo pecado e assim cumprir o ‘Ide dado por Cristo”, enfatiza Ivonildo.

Tudo deve ser para a glória de Deus, conforme orientado em 1Co 10: 31-33: “Portanto, quer vocês comam, quer bebam, quer façam qualquer outra coisa, façam para a glória de Deus. (32) Não ofendam nem os judeus, nem os gentios,[d] nem a igreja de Deus, (33) assim como também eu procuro agradar a todos em tudo que faço. Não faço apenas o que é melhor para mim; faço o que é melhor para os outros, a fim de que muitos sejam salvos”. Assim, consagrar o que se sabe fazer e o que se ama para semear a Palavra de Deus é obedecer a uma ordenança dEle.

Para Ramiro Cavalcanti, membro do Road Angels de Fortaleza, que congrega na Assembleia de Deus Templo Central, muitas vidas serão salvas para honra e glória do Senhor Jesus, já que o motociclismo cristão o fez ver que é possível fazer o que gosta levando a Palavra de Deus: “Nosso foco é praticar o cristianismo em sua forma mais plena, através de ações sociais junto da pregação da Palavra, e resgatar os valores do motociclismo de raiz, abraçando e acolhendo os irmãos motociclistas”.

Rogério Barbiere
“As ações se dão por doação semanal de sopa em hospitais (mais novo projeto) e arrecadação de alimentos, roupas, materiais escolares e até mesmo de construção civil” – Rogério de Oliveira, membro fundador do Road Angels

O Pr. André Fernandes, conhecido como Geleia, preside o maior ministério motociclístico do Brasil, o Esquadrão de Cristo. Pastor na igreja Comunidade Mais de Deus, em Brasília, ele conta que a ideia de criar o grupo nasceu há 14 anos como instituição e há 16 como mover de Deus na sua vida, na de sua esposa e na de alguns irmãos que começaram a “rodar” juntos e frequentar o motociclismo.

“Nós montamos um grupo cristão de motociclistas, mas a vontade de servir nos levou a sair de um moto clube e fundar um ministério motociclístico, o primeiro do Brasil, registrado em Conselho de Pastores, com estatuto de ministério, com toda habilitação para isso.”

“Nunca sentimos preconceito. Talvez haja mais preconceito do ‘povo de Deus’ que dos motociclistas. Sempre fomos muito bem aceitos, nunca recebemos um ‘não’ para uma oração. E esse paradigma de motoqueiro baderneiro se dilui quando você mostra atitude de coração aberto, de missão. Somos um grupo missionário, fazemos ação social em vários aspectos, ajudamos igrejas. Nosso ministério é sobre rodas, mas não necessariamente só com motociclistas. Então a gente tem essa alegria de poder servir a Deus em cada momento sobre as nossas motos”, ressalta Geleia.

Ele conta, ainda, que a estratégia do grupo é se fazer presente, ser amigo, “estar lá” quando o irmão precisar de um abraço. E esse é o grande mover que leva o Esquadrão de Cristo a ultrapassar barreiras e chegar a lugares que poucos grupos se envolvem.

“Como falar na história do Esquadrão de Cristo? Um dia eu e minha esposa entramos num evento de moto e, ao ver aqueles homens, aquela tribo tão diferente, me senti imediatamente conectado, não só pelo estilo, mas também por amor a vidas. E já são 16 anos rodando diariamente, vivendo esse ministério de forma tão intensa. O Esquadrão tem vontade de levar a presença de Deus aonde quer que coloquemos as rodas das nossas motos. Organizamos reuniões semanais de oração, cultos mensais, estamos em mais de 15 estados no país, fazendo a vontade de Deus, que é levar o Evangelho, amar vidas, ser amigo, fazer relacionamentos e levar aos irmãos o melhor que temos em nossa vida: Jesus Cristo”, aponta Pr. Geleia.

Missão sobre duas rodas, Bíblia do Motociclista
Equipe do Ministério de Road Angels, que conta com a participação de toda a família
Bíblia do Motociclista

Em 2015, foi lançada a Bíblia do Motociclista, um sonho que nasceu no coração do Pr. Geleia. Ele conta que sempre teve vontade de fazer uma Bíblia voltada aos grupos, com temática e com estudos específicos, desenvolvidos por pastores motociclistas.
O sonho foi concretizado há alguns anos. Sem nenhum recurso, o grupo topou o desafio, envolveu-se na elaboração do conteúdo e na recuperação de estudos. Alguns amigos e irmãos do Esquadrão de Cristo se uniram, fizeram campanha e conseguiram o primeiro lançamento da Bíblia do Motociclista na Sociedade Bíblica do Brasil.

“Então, foi uma Bíblia de afinidade, nós custeamos tudo, não tivemos patrocínio nenhum, foi feita por motociclista para motociclistas, e esse sonho veio à realidade no Capital Moto Week. Doamos cerca de duas mil Bíblias. Muitas pessoas achavam que éramos loucos, que estávamos jogando dinheiro fora, que eu poderia vender, mas, o objetivo não era esse. Hoje a Bíblia do Motociclista é um site e um aplicativo, não temos mais Bíblias físicas, porque o preço aumentou muito, e estamos buscando parcerias para fazer mais uma edição.



Leia Mais

O Evangelho levado pelos motociclistas por todo o mundo
Motociclistas evangelizam e realizam ações sociais
Motociclistas ajudam a evangelizar em Alagoas

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!