Veja a trajetória do Ministério Unção de Deus

Foto: Reprodução Web

O Ministério Unção de Deus nasceu na Igreja Unção de Deus, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense (RJ), com a responsabilidade de liderar o louvor naquela congregação.

Formado por Rafael Novarine (vocalista), que é irmão de Leonardo Novarine (baterista), que é casado com Hosana (back vocal), sendo eles primos de Fernandinho Frazão (contrabaixo), que é irmão de Fabiano Frazão (violão), o grupo que existe desde 2002 alcançou outras igrejas. Em 2006, eles lançaram o primeiro CD, “Para Chamar Tua Atenção”, que logo se tornou um sucesso e apresentou a banda por meio das rádios aos evangélicos de todo o Brasil. Vieram, então, os convites para tocar em outras congregações e eventos.

Atualmente, o Ministério Unção de Deus percorre o país apresentando o seu novo trabalho, o CD “Separados”, que é composto por 11 faixas, dez delas inéditas e uma regravação especial de “Santo, Santo, Santo”. São composições de Davi Sacer, Luiz Arcanjo e Ronald Fonseca, em parceria com os integrantes do ministério, que se inspiram também nas pregações de seu pastor, Valdeci Dias. Ronald é o produtor dos CDs do Unção de Deus. Inclusive, deverá ser dele a produção do primeiro DVD do grupo, que será gravado em fevereiro de 2009, já com a chancela da Graça Music, empresa com a qual o Unção de Deus, que faz parte do casting da Zekap, assinou um contrato de parceria em junho de 2008. Aliás, Leonardo é baterista do ministério e diretor da Zekap.

O segundo CD da carreira do ministério foi gravado três anos depois do primeiro. Os músicos afirmam que esse tempo foi necessário para amadurecer musicalmente. “Ficamos três anos em oração. Já tínhamos músicas para lançar o CD, mas sentíamos que ainda não era a hora de gravar um CD novo, porque não eram as músicas que Deus queria de nós. Embora o mercado já nos pedisse algo novo, não fazemos CDs só por causa do mercado”, contaram os ministros de música numa visita que fizeram à redação da revista Comunhão. “A música ‘Palavra Final’, por exemplo, foi composta num momento de muita conversa sobre milagres, leitura e estudo do capítulo 43 do livro de Isaías”, contou Leonardo.

Ministério Unção de Deus participando do Jesus Vida Verão. Foto: Arquivo/Comunhão.

A temática abordada nas letras, de acordo com o vocalista Rafael, reflete aquilo que foi apresentado a eles por Deus como assunto a ser tratado: “A palavra de Deus diz ‘sede santos porque Eu sou santo’. O vocábulo ‘santo’ também quer dizer ‘separado’. Então, nós queremos ser parte integrante do povo de Deus, destacado para a adoração, separado do mundo, um povo afastado do pecado para adorá-Lo”. Rafael acrescenta que gosta muito de lembrar em suas ministrações o que está escrito em João 15.16: “Não fostes vós que me escolhestes a mim, mas Eu vos escolhi”.

O vocalista é firme ao dizer que o Ministério Unção de Deus e a gravação dos CDs não nascem de um plano dos integrantes do grupo, mas sim da vontade de Deus de que assim seja. “Acredito que Deus viu a hora certa, o propósito do nosso coração, e foi nos conduzindo para o que está sendo hoje o nosso ministério. Cremos no sobrenatural de Deus”, reforçou Rafael.

Por onde passa, o ministério atrai a atenção de um público em especial: os jovens. A juventude dos cantores e músicos faz com que o público jovem se identifique mais facilmente com a banda. Entretanto, a profundidade das letras e a variedade das melodias fazem com que pessoas de todas as idades e classes se interessem pelo Unção de Deus. “Nós nunca pensamos em nos dirigir a um público específico, mesmo porque creio que cantamos para alcançar todas as classes e idades, mas por sermos jovens e termos um estilo jovem, naturalmente eles foram se aproximando mais do nosso ministério”, explicou Leonardo.

“Nosso estilo é e continua sendo o pop. Nossas composições falam de adoração e quebrantamento mas nossa música também tem bastante júbilo: gostamos de dançar, pular, glorificar de todas as formas o nome do Senhor. Talvez seja por isso que os jovens, adolescentes e crianças se identificam muito com a gente. Mas isso não é intencional”, disse Rafael, acrescentando que este segundo CD tem mais sons de guitarra, solos deste instrumento e uma “pegada mais pop rock, que é uma tendência musical na atualidade”.

Quanto à receita do sucesso, esta não existe. Leonardo e Rafael destacaram que os músicos do ministério apenas se tornaram disponíveis para Deus, a fim de cumprir aquilo que Ele quisesse. Mas afirmaram que a presença constante e influência do pastor Valdeci é muito importante para ajudar a “manter o pé no chão” e se lembrar de que “não somos nós que fazemos a obra, mas Deus que age por meio de nós”. “As pessoas não devem admirar nossos talentos, mas admirar o poder de Deus em nossas vidas. O ministro deve viver em constante oração pedindo a Deus mostre a ele o que fazer”, declarou Leonardo.

Pela forte ligação com a igreja e com os princípios que fizeram com que o ministério surgisse, a banda mantém as participações constantes nos cultos da Igreja Unção de Deus, situada em São João de Meriti. “Não abrimos mão de estar toda quarta-feira, domingo pela manhã e à noite na nossa igreja. Só se nós estivermos fora do Estado, nosso pastor nos libera de estarmos presentes ao culto”, contou Rafael. No dia 9 de janeiro, o Ministério Unção de Deus estará no Jesus Vida Verão, quando dividirá o palco com a banda Toque no Altar.


Contato

Ministério Unção de Deus
www.ministeriouncaodedeus.com.br
Telefone: (21) 2481-2008


Assista


A MATÉRIA ACIMA É UMA REPUBLICAÇÃO DA REVISTA COMUNHÃO. FATOS, COMENTÁRIOS E OPINIÕES CONTIDOS NO TEXTO SE REFEREM À ÉPOCA EM QUE A MATÉRIA FOI ESCRITA.

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!