98 migrantes são deportados no México

Policiais dos EUA usam gás lacrimogênio para conter migrantes na fronteira com o México. Foto: Reuters

Cerca de 500 migrantes tentou passar pela fronteira e foi repelido com gás lacrimogêneo e balas de borracha. Mais de 7 mil migrantes estão no México e querem entrar nos EUA.

O governo do México anunciou nesta segunda-feira (26) ter deportado 98 migrantes da América Central após a tentativa fracassada e inesperada de 500 deles de atravessar a fronteira com os Estados Unidos.

“Há 98 pessoas que foram colocadas à disposição do Instituto Nacional de Migração (INM) e foram deportadas”, declarou Gerardo García Benavente, comissário da autoridade de migração, falando à Televisa.

Desesperados, os migrantes, que tinham saído de um abrigo onde estão quase 5 mil pessoas, subiram em uma das cercas na fronteira. Atitude surpreendeu os policiais mexicanos. Eles foram repelidos com gás lacrimogêneo e balas de borracha por guardas americanos.

Fechamento da Fronteira

A fronteira foi fechada e reaberta horas depois. Mas neste domingo (25), o presidente americano, Donald Trump, ameaçou fechar a fronteira. “Fecharemos a fronteira permanentemente, se necessário. Congresso, financie o muro!”, declarou no Twitter.

Trump também exigiu que o México deporte os migrantes que tentarem entrar no país americano. “O México deveria tomar medidas deportando os migrantes, muitos deles são verdadeiros criminosos, de volta aos seus países”, escreveu o presidente pelo Twitter.

Segundo relatou o Rodney Scott, chefe da divisão da patrulha americana no setor de San Diego, à CNN nesta segunda, várias pessoas conseguiram atravessar a fronteira. E 42 migrantes que cruzaram a fronteira foram presos.

Como resposta, o presidente dos EUA, Donald Trump, suspendeu por 90 dias a entrada de imigrantes pelo México e assinou uma ordem que impede a concessão de refúgio para quem entrar ilegalmente no país.

*Da Redação de Comunhão, Com informações da Agência EFE


Leia mais

EUA fecham fronteira com o México
Mais de duas mil pessoas pedem refúgio no México
O amor pelos refugiados

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!