Temer assina decreto de incentivo à montadoras

Arquivo/Agência Brasil/Agência Brasil

Programa estipula regras que as montadoras deverão seguir para melhorar o consumo de combustível (eficiência energética) e a segurança.

O presidente Michel Temer (MDB) assinou um decreto nesta quinta-feira (8) que regulamenta a medida provisória que cria o Rota 2030. É novo programa de incentivos para o setor automotivo brasileiro.

O decretado foi assinado minutos após a aprovação no Senado Federal. Temer assinou o decreto na abertura do Salão do Automóvel em São Paulo. E disse que estava nervoso para saber se o Senado aprovaria ou não a medida.

“Ontem à noite ainda, aprovado que foi, na Câmara dos Deputados, havia esta preocupação se haveria quórum, por exemplo, para aprovar no Senado, e será que, tendo quórum, será aprovada. E por isso eu confesso que estava um pouco aflito de estando aqui, prestes a assinar o decreto, e de repente vem a noticia de que não houve quórum ou não foi aprovada a medida. Eu sairia debaixo de vaias, agora sairei debaixo de aplausos”, declarou.

O programa determina regras que as montadoras deverão cumprir para melhorar a segurança e o consumo de combustível (eficiência energética). Além disso, fabricantes poderão obter descontos se investirem em projetos de pesquisa e inovação no Brasil.

O objetivo do governo e das montadoras é oferecer carros mais seguros e eficientes ao consumidor e tornar a indústria automotiva no Brasil mais competitiva.

O novo regime também deve conceder até R$ 1,5 bilhão por ano de crédito tributário à indústria, caso as montadoras integrantes do Rota 2030 invistam, no mínimo, R$ 5 bilhões ao ano em pesquisa e desenvolvimento.

*Com informações da Agência Brasil

Compartilhe

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!