Família missionária presta assistência social no ES e em MG

Projeto missionário sobrevive de doações para ajudar a quem precisa

Em 2015,  capixabas se uniram para levar o Evangelho acompanhado de assistência social.

Trata-se do projeto “Mãos ao Arado”, que completou o terceiro ano de existência neste mês de agosto. A ideia surgiu no coração da missionária Claudia Correa Almeida Silva, que mobilizou a sua família para fazer a obra de Deus cuidando dos que têm pouco.

O projeto já beneficiou centenas de pessoas em cinco municípios da Grande Vitória (ES), no Espírito Santo, e no Vale do Jequitinhonha (ES). A miséria impera no nordeste mineiro, onde há uma grande carência de investimentos públicos e privados.

“Mãos ao arado” não tem ligação com nenhuma igreja, mas membros de várias denominações evangélicas contribuem como podem. “Quando iniciamos, éramos em 45 pessoas entre irmãos, sobrinhos e amigos de várias igrejas que vieram agregar ao projeto”, explica.

“Ninguém nos patrocina. Nós pedimos doações para poder fazer o trabalho de doação de cestas básicas para famílias que não têm vínculo com nenhuma igreja e falamos de Jesus para elas. Entregamos o alimento espiritual e o material”, conta a Claudia.

Apesar de não ser um trabalho fácil, a missionária conta que realizar este trabalho é uma das formas de agradecer ao Senhor por tantas bençãos. “Nosso Deus é fiel, Ele é quem nos sustenta. Por isso é que estamos de pé”, afirma. No dia 28 de outubro a ação será realizada no bairro Prolar, em Cariacica, e o convite é aberto a todos interessados em participar e a contribuir.

Projeto ‘Mãos ao Arado’
Como ajudar
  • Doação de alimentos, roupas, calçados e outros.
  • Voluntários para corte de cabelo, atendimentos básicos: Teste de glicemia e aferição de pressão.
ore e corresponda

Missionária Cláudia Correa Almeida Silva
(27) 99896-0213
claudia.jose.ana@gmail.com

 

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!