Lute por sua família!

“Olhei, levantei-me, e disse aos nobres, aos magistrados e ao resto do povo: Não os temais! Lembrai-vos do Senhor, grande e temível, e pelejai por vossos irmãos, vossos filhos, vossas filhas, vossas mulheres e vossas casas”  (Neemias 4.14).


Na época de Neemias, as famílias estavam sob ataque. Aquele grande líder, porém, exortou o povo, dizendo-lhe para não temer. O servo de Deus desafiou as pessoas a pelejarem por seus irmãos, filhos, filhas, mulheres e casas. Eis uma grande lição que aprendemos com Neemias: se alguém tem uma família, tem algo por que vale a pena lutar! Perceba: você tem algo precioso, desejável e especial! Por isso, a Palavra do Senhor para você hoje é: lute por sua família!

Lute por sua família com fé. O texto bíblico diz: “Lembrai-vos do Senhor”. É Deus quem possui todo o poder. Dele procede o triunfo. Como venceremos as batalhas se nos esquecermos do Senhor? Provavelmente nos entregaremos ao desespero, lutaremos com armas erradas e agiremos de forma desastrosa. Ou então, simplesmente desistiremos, perdendo a vitória por deixarmos de lutar. Quando o casamento não vai bem, quando um filho traz preocupações, quando o diálogo com os pais parece não fluir, quando tudo parece perdido e não sabemos por onde começar, a coisa mais importante a fazer é lembrar de Deus. Prevaleça pela fé. Triunfe pela oração.

Lute por sua família com esperança. Nunca desista! Tenha expectativas elevadas! Certamente muitas pessoas lhe dirão que seus problemas familiares constituem um caso perdido, e que o melhor que você tem a fazer é se conformar com a derrota. Mas Deus tem a última palavra. Quem sabe o que Ele nos tem reservado? Quando Cristo foi crucificado, havia, do Seu lado direito, um ladrão. Você pode imaginar a tristeza da mãe daquele homem, vendo que ele havia desperdiçado a sua vida e partia para a eternidade sem salvação?
Mas, no último minuto, vieram as palavras: “Hoje mesmo estarás comigo no paraíso”. Se aquela mãe estava perto da cruz do filho, ouviu a bendita declaração de Jesus, e teve paz em seu coração. É por isso que não podemos desistir dos nossos familiares. Um pai ou uma mãe que deixa de orar por seu filho é como uma sentinela que abandona o seu posto! Portanto, não se entregue. Lute até o fim. Persevere. Alimente a sua esperança.

Lute por sua família com amor. A bondade e o altruísmo são as armas mais poderosas de que dispomos para combater as desavenças em nossas casas. O problema de muitas famílias é que, frequentemente, seus membros não estão lutando juntos, e sim uns contra os outros! O paradigma do lar é diferente daquele encontrado nos esportes. No mundo esportivo,  para que um ganhe, o outro tem que perder. Mas jamais será assim em nossas casas. No lar, se um perde, todos são derrotados. Só existe vitória na família quando todos ganham. É por isso que não adianta brigar ou discutir. O egoísmo causa danos terríveis a um casamento, e a intransigência pode afastar os filhos de seus pais. Dar de si antes de pensar em si: eis aí o segredo da harmonia familiar.

A Bíblia diz: “Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor” (1 Coríntios 13.13). Fé, esperança e amor são três virtudes e são, também, três armas poderosas. Lance mão dessas armas e lute por sua família. Defenda aquilo que o Senhor lhe deu. Reconstrua o que o inimigo tentou arruinar. Abaixo da salvação, nosso lar é o tesouro mais precioso que possuiremos em toda a existência. Por isso, querido leitor, eu lhe digo: Lute por sua família… e vença, em nome de Jesus!

Marcelo Aguiar

A matéria acima é uma republicação da Revista Comunhão. Fatos, comentários e opiniões contidos no texto se referem à época em que a matéria foi escrita

Compartilhe