“Colorindo meu Espírito Santo” na Bienal do livro

Foto: Comunhão

Livro bilíngue “Colorindo meu Espírito Santo” será lançado neste domingo (20) na Bienal do livro em Cachoeiro de Itapemirim (ES)

“Colorindo meu Espírito Santo”, da capixaba Andrea Espindula, foi lançado em abril, em Cariacica (ES). E agora será apresentado na 7ª Bienal do Livro em Cachoeiro de Itapemirim, sul do Estado. O evento é uma homenagem aos escritores Sérgio Buarque de Holanda, Candido Portinari e Vincius de Moraes.

A obra mostra quinze monumentos históricos e turísticos do Espírito Santo que ganharam cor e vida através de desenhos artísticos. São desenhos e ilustrações, em inglês e português, que remetem a história do Estado.

E tudo é contado por um personagem, Henrique, que é o filho da autora. “O personagem do livro convida você a viajar junto com ele para você conhecer o ES. Então qualquer pessoa poderá conhecer os pontos turísticos do Estado através de uma leitura leve e descontraída. A figura do menino na obra é para interagir com as crianças e detalhar curiosidades dos locais. É um livro para se colorir e aprender”, destacou.
O livro

Para fazer o livro Andréa contou com a ajuda das duas irmãs, Eliana Espindula, que fez a revisão e a tradução e Lidiane Espíndula, que deu a ideia do projeto E o marido, Luiz Quintanilha, fez os desenhos. “Foram vários meses para elaborar, planejar e fazer os desenhos. Eu ficava horas e horas em cada página. Fazia muitos testes de impressão para ver se estava pequeno e para deixar com o mesmo traço até chegar a produção final”.

A ideia surgiu através da observação da professora na sala de aula. “Eu observei que meus alunos as vezes ficavam um bom tempo colorindo desenhos chamados anti-estrese. Eu imaginei como acrescentar conhecimento a esse momento tão agradável”, explicou.

Andrea é professora há 20 anos. Leciona Artes para o ensino fundamental. Escrever e desenhar são suas paixões. “Desde pequena eu gostava de escrever e desenhar. Agora eu juntei as duas paixões para falar de um estado que eu amo. Estou muito feliz com esta publicação”, disse.
Escolas
O foco do livro não é a comercialização e sim, alcançar as crianças na escolas através de oficinas. “Apesar de morarem no Estado, muitas dessas crianças não conhecem os pontos turísticos daqui. E você alcançando as crianças você alcança todos. Várias escolas já se mostraram interessadas pelo material. Quero que as pessoas valorizem a obra”, conta.
Expectativa

Esta é a primeira publicação da capixaba, que promete outros dois livros em sequência ao “Colorindo meu ES”. A expectativa é grande. “Quanto mais gente conhecer melhor porque o ES é a capital secreta do mundo. É um lugar impressionante com suas belezas naturais e ninguém vê isso. Muitos de meus alunos não conhecem pontos turísticos”, concluiu.

Bienal Rubem Braga

A proposta da Bienal Rubem Braga é a de ser um encontro de ideias e pensamentos. Evento proporciona à sociedade viver dias imersos em cultura. Além de representar a vida de Rubem Braga e o histórico título de Atenas Capixaba recebido por Cachoeiro de Itapemirim (ES).


Lançamento do livro

Dia: 20 de Maio
Hora: 10h
Local: Auditório Newton Braga, Cachoeiro de Itapemirim (ES)
Informações e exemplares do livro: colorindomeuespiritosanto@gmail.com

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!