Nepal e Azerbaijão entram na Lista Mundial da perseguição

Foto: Reprodução Web

Por outro lado, Comores e Tanzânia não estão mais entre os 50 países da Lista da perseguição.

A Missão Portas Abertas realiza a pesquisa dos países mais perseguidos do mundo uma vez por ano. Nepal e Azerbaijão foram incluídos na lista desse ano. A pesquisa foi realizada de novembro de 2016 a outubro de 2017.

O Nepal aparece no 25º lugar, com 64 pontos. Já o Azerbaijão está na posição 45, com 57 pontos. O motivo da inclusão dos países, segundo a ONG é o aumento da violência por parte de radicais, religiosos hinduístas, além de funcionários do governo, partidos políticos hindus e a família que veem com mais olhos quem passa seguir a Cristo.

Fora da lista

Apesar da entrada de dois países na Lista da perseguição, outros dois saíram da Lista. São o Comores e a Tanzânia.

“Não podermos afirmar que a perseguição não existe mais. Porém, podemos comemorar pequenas vitórias. Na Tanzânia, por exemplo, o novo governo conseguiu enfraquecer bastante um agressivo movimento chamado ‘Despertar’. Ele estava por trás de grande parte da violência no país, algo que levou a uma menor pressão sobre os cristãos”, diz o relatório da Portas Abertas.

 

Com informações da Missão Portas Abertas


Leia também

Lista aponta os 50 países que mais perseguem cristãos no mundo
Número de países onde cristãos são perseguidos sobe de 108 para 128 em um ano

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!