Coréia do Norte – Crianças são forçadas a odiarem o cristianismo

Foto: Reprodução Web

Segundo um cristão, é feito uma lavagem cerebral na mente das crianças. Elas também são ensinadas que o cristianismo é mau.

Na última segunda-feira (19) John Choi (nome fictício por questão de segurança) fez um relato para a Missão Portas Abertas sobre o regime comunista na Coreia do norte. Segundo ele, as crianças são ensinadas que a acreditar que o cristianismo é uma “religião americana malvada”, que a cruz é um símbolo do diabo e que os missionários não são confiáveis.

“Quando eu cresci na Coreia do Norte, eu também acreditava no que era ensinado. Mesmo no jardim de infância, tínhamos que nos curvar diante das fotos dos primeiros líderes da Coreia do Norte, Kim Il-Sung e seu filho, Kim Jong-Il”. Hoje, as crianças norte-coreanas também são ensinadas a se curvar diante do atual ‘Querido Líder’, Kim Jong-Un”, revelou John.

As crianças também são ensinadas a odiar os “imperialistas americanos”. São mensagens  de propaganda em filmes, musicais, pinturas e desenhos animados. Os cidadãos também contam histórias caluniosas sobre pastores e missionários que estupraram e atacaram pessoas. É criado uma imagem maligna em relação ao cristianismo.

Esperança

Com o avanço da tecnologia, a esperança é de que as crianças tenham uma nova forma de aprender a verdade sobre o mundo.

“As crianças de hoje são capazes de descobrir outras crenças e modos de vida através da informação disseminada de unidades contrabandeadas e transmissões de rádio estrangeiras na língua coreana. Mais pais estão chegando à fé e, quando as crianças tiverem idade suficiente, ouvirão sobre a Bíblia e o Evangelho”, disse John.

John tem esperanças. “Estou orando para que Deus abra os olhos, os ouvidos e os corações dos norte-coreanos de todas as idades. Um dia, as crianças se voltarão para a cruz”, falou.

Com informações de Christian Post

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!