Israel enviará a primeira espaçonave à lua

Um modelo da espaçonave está em exibição na residência oficial do presidente. Foto: Reprodução

Nesta sexta-feira (22), Israel enviará sua primeira espaçonave à Lua. A cápsula conterá uma cópia da Bíblia e símbolos nacionais israelenses

A organização espacial Israeli, sem fins lucrativos, anunciou que lançará uma espaçonave do Cabo Canaveral, na Flórida, a bordo de um foguete Falcon 9. Está programado para pousar na lua em 11 de abril.

O projeto tem oito anos de duração e, se for bem sucedido, Israel se tornará a quarta nação a pousar na Lua – depois dos EUA, da Rússia e da China.

A espaçonave é chamada de “Bereishit”, uma referência às primeiras palavras da Bíblia registradas em Gênesis: “No princípio”.

A embarcação pesa cerca de 1.300 libras e tem aproximadamente o tamanho de uma máquina de lavar roupa. Vai demorar uma viagem de sete semanas para a lua.

O Dr. Ido Antebi, CEO da SpaceIL, disse que a missão tem dois objetivos. Um é chamado de “Efeito Apolo”, para inspirar a próxima geração de jovens israelenses na nação iniciante.

“Queremos que as crianças israelenses e os jovens de Israel sejam encorajados a aprender disciplinas STEM – ciência, tecnologia, engenharia e informática – e esperamos que eles tenham essa missão, vamos criar o efeito e encorajá-los”, pontou. “O segundo objetivo é promover a indústria espacial aqui em Israel… E acho que conseguimos – um dos objetivos já foi alcançado”, explicou Antebi.

A missão durará de dois a três dias e, uma vez aterrissada, a nave tirará fotos da superfície lunar e realizará experimentos.

A espaçonave também está trazendo a palavra escrita de Deus para a lua. Ele carregará uma cápsula do tempo contendo um banco de dados de centenas de arquivos. Os arquivos incluem uma cópia da Bíblia, informações sobre o SpaceIL, símbolos nacionais israelenses e outros materiais. A cápsula será deixada na superfície da lua depois que Israel completar sua missão lá.

Já foram à Lua os EUA, Rússia e China. Foto: Reprodução

A SpaceIL apresentou o projeto com financiamento privado ao Presidente Reuven Rivlin Sunday. Ele disse que era um sonho tornado realidade.

“‘Bereishit’ fará história!”, exclamou. “Quando eu era criança, costumávamos escrever fortunas em embalagens de chiclete – ‘quando você tem 21 anos, vai para a lua’. Então, parecia fantástico, impossível. Até agora, apenas grandes potências desembarcaram. na Lua – os Estados Unidos, a União Soviética e a China. Mas se tudo correr bem, o Estado de Israel – nosso país jovem e pequeno – será o quarto país na história a pousar uma espaçonave na Lua”, declarou o presidente.

Um modelo da espaçonave está em exibição na residência oficial do presidente.

“Estou satisfeito e orgulhoso por você ter decidido transformar este projeto não apenas em uma conquista tecnológica maravilhosa, mas também em um empreendimento educacional. Você é um exemplo de inovadora e audaciosa inovação israelense. Isso é o sionismo no seu melhor”, disse Rivlin.

Morris Kahn, presidente da Space IL, agradeceu ao presidente, dizendo: “É uma conquista tremenda e tenho orgulho de fazer parte dela, e de que a bandeira israelense em breve voará na Lua”.

Bereishit viajará um pouco aproximadamente 4 milhões de milhas em sua jornada. Ele orbitará a Terra várias vezes para ganhar velocidade suficiente para atirar em direção à lua.

*Com informações da CBN News.


leia mais

Jerusalém é a capital “eterna e indivisível de Israel”
Israel recebeu mais de 4 milhões de turistas em 2018
Austrália reconhece Jerusalém como capital de Israel

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!