Islamismo alcançará o cristianismo em número de fiéis até 2050

Um estudo do Centro Pew de Pesquisas, nos Estados Unidos, afirma que até 2050 o número de pessoas que professam a fé islâmica  deve alcançar o número de fiéis cristãos ultrapassando a marca de 2 bilhões de muçulmanos. O relatório de nome “O futuro das religiões do mundo: População e Projeções de Crescimento 2010-2050″, mostra que o Islã será a religião de maior crescimento nas próximas quatro décadas.
Hoje há cerca de 1,6 bilhão de muçulmanos espalhados pelo mundo e nos próximos anos serão cerca de 2,7 bilhões. O crescimento acentuado se dará em todo o mundo e na Europa o número desses religiosos chegará a 10% da população, segundo o estudo.
O cristianismo terá um crescimento mais lento, se hoje tem 2,17 bilhões de fiéis, até 2050 terá 2,9 bilhões. No total a população mundial terá 31,4% de cristãos e 29,7% de muçulmanos.
O Centro Pew afirma que com a exceção do budismo, todas as demais religiões terão crescimento em número de fiéis nas próximas décadas, mas em velocidade menor do que o próprio crescimento populacional do planeta.
O estudo mostra ainda que na América Latina o cristianismo continuará em alta, passando de 531 milhões de fiéis, para 666 milhões, um crescimento de 25%. Por outro lado o número de pessoas sem religião também irá aumentar, passando de 45 milhões para 65 milhões, um crescimento de 44%.